Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Jornal: vestiário sul-americano e individualismo afastaram Neymar e Mbappé

Nova crise no PSG agora envolve o relacionamento entre o astro brasileiro e o francês; publicação questiona se a parceria iniciada em 2017 já terminou

Por Da Redação Atualizado em 27 set 2021, 15h16 - Publicado em 27 set 2021, 09h39

“O casamento, iniciado em 2017, acabou?”. A pergunta estampada na principal manchete do jornal francês L’Equipe dá o tom de que o triunfo do Paris Saint-Germain sobre o Montpellier, no último sábado, 25, que manteve os 100% de aproveitamento da equipe do técnico Maurício Pochettino em oito rodadas do Campeonato Francês, não foi suficiente para conter uma nova crise no clube parisiense, que desta vez tem como protagonistas Kylian Mbappé e Neymar.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

O francês foi flagrado por uma câmera, no banco de reservas, supostamente direcionando críticas ao companheiro. A matéria cita que há um desgaste de relacionamento devido a “sul-americanização” do vestiário da equipe.

Antes parceiros de habituais trocas de elogios públicos em entrevistas, Neymar e Mbappé agora estariam em lados opostos nos relacionamentos do elenco. O brasileiro tem em seu favor a maior parte de vestiário devido a proximidade com nomes como Di Maria, Marquinhos, Paredes, Icardi e Messi, enquanto Mbappé é visto como distante, estando ausente em reuniões informais.

A visão é de que Mbappé está mais incomodado com conquistas pessoais do que em se unir ao grupo do PSG. Ele desmontrou claro incômodo após passar em branco pelo quarto jogo consecutivo. O francês tem quatro gols em 10 partidas disputadas. Neymar, por sua vez, tem dois em sete jogos.

  • A nova crise no PSG foi desencadeada aos 42 minutos do segundo tempo, pouco após ser substituído. Ao lado do meio-campista Idrissa Gueye, Mbappé apontou em direção ao campo e disse: “sim, sim, ele não dá o passe para mim”. O flagra foi feito pela emissora Canal+. Sem Messi, a dupla não conseguiu se entender dentro de campo e tiveram o entrosamento criticado pela mesma publicação: “até pareciam se atropelar em várias ocasiões”.

    A mídia francesa tratou de defender Neymar. O jornal Le Parisien citou que a crítica é desmedida uma vez que o jogador “perde muitas chances criadas” pelo camisa 10. Pesa contra Mbappé ainda o fato de ter tentado forçar uma saída para o Real Madrid na última janela de transferências, gerando a falta de apoio dos torcedores do clube.

    Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

    Messi demonstrou clara insatisfação a Pochettino por substituição -
    Messi demonstrou clara insatisfação a Pochettino por substituição – Franck Fife/HULU

    Virou hábito a rotina de problemas e crises da equipe montada nesta temporada, já chamada de “galácticos”. Recentemente, segundo o jornal italiano Il Corriere, Gianluigi Donnarumma demonstrou insatisfação devido a titularidade do experiente costarriquenho Keylor Navas. Em dez jogos até aqui na temporada, atuou em apenas dois deles. Assim como Neymar, Navas tem o apoio do “clã sul-americano” da equipe para seguir entre os 11.

    O caso mais delicado, entretanto, envolveu o argentino Lionel Messi. Principal investimento para a temporada, Messi acusou a lesão no último domingo, 19, na vitória por 2 a 1 sobre o Lyon. Logo na primeira aparição ao público no Parque dos Príncipes, o jogador demonstrou claro incômodo com o treinador Maurício Pochettino ao ser substituído por Hakimi, aos 30 minutos do segundo tempo.

    Pochettino estendeu a mão para cumprimentar Messi, que não aceitou. O ato foi alvo de críticas, principalmente, na imprensa espanhola que tratou o tema como o início de uma polêmica.

    O PSG já volta a campo nesta terça-feira, 28, às 16h, diante do Manchester City, pela segunda rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. A partida no Parque dos Príncipes é considerada fundamental para a equipe que tropeçou na estreia, empatando por 1 a 1 com o Club Brugge, na Bélgica.

    Continua após a publicidade
    Publicidade