CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Jornal revela maiores salários das ligas europeias; Bale lidera na Espanha

Dybala, da Juventus, é o mais caro da Série A italiana, enquanto o brasileiro Neymar, do PSG, recebe o maior salário do planeta

Por Da redação Atualizado em 31 mar 2022, 09h54 - Publicado em 31 mar 2022, 09h51

O diário espanhol Marca revelou nesta quinta-feira, 31, a lista dos dez maiores salários das principais ligas europeias, com algumas surpresas. Na Espanha, o líder mal entra em campo: o galês Gareth Bale, reserva do Real Madrid, recebe do clube 34 milhões de euros (equivalente a 180 milhões de reais) por temporada. O jogador mais caro entre todas as ligas é o brasileiro Neymar, do PSG, que recebe 48,996 milhões de euros (259 milhões de reais).

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

O jornal ressalta que os valores revelados são brutos, ainda sujeitos a impostos, que são altíssimos. Na Espanha, por exemplo, o valor depende em cada região: jogadores do Real Madrid e do Atlético de Madri devem pagar 45,50% de seus vencimentos para a Fazenda, enquanto os do Barcelona têm 50% retidos pelo governo.

A lista dos três maiores salários na Espanha tem três atletas em baixa: Gareth Bale é seguido por Antoine Griezmann, emprestado do Barcelona ao Atlético com salário anual de 30 milhões de euros, o mesmo que Eden Hazard, outro reserva de luxo do Real Madrid. Grande estrela da liga, Karim Benzema é apenas o quarto, seguido por outro veterano, Sergio Busquets, o mais caro do Barcelona.

Salários de La Liga em 2022
Salários de La Liga em 2022 Marca/Reprodução

Na França, o PSG reina absoluto: todos os 10 mais bem pagos pertencem ao clube da capital. Neymar lidera com 48,9 milhões de euros anuais descontados os impostos, recebe cerca de 30 milhões de euros por ano seguido por Lionel Messi (40,5 milhões de euros), Kylian Mbappé (26,4 milhões de euros), Marquinhos (14,4 milhões de euros) e Marco Verrati (14 milhões de euros). O Marca explica, no entanto, que Messi pode superar Neymar em razão dos bônus combinados entre ele e o PSG.

Continua após a publicidade

Na Premier League, considerada a mais badalada do mundo, Cristiano Ronaldo, de volta ao Manchester United, ocupa o topo. Com salario de 31,5 milhões de euros anuais, superou o belga Kevin de Bruyne, do City (24,7 milhões de euros) e o colega David De Gea (23,3 milhões de euros). Romelu Lukaku, grande reforço do Chelsea para a temporada, é o sexto, com 20 milhões de euros por temporada.

Salários da Premier League 2022
Salários da Premier League 2022 Marca/Reprodução

Os números caem drasticamente na Itália, que há tempos deixou de ser a liga mais desejada pelos atleta. O argentino Paulo Dybala, da Juventus, lidera com 13,5 milhões de euros brutos, seguido Vlahovic e Szczesny, com 12 milhões de euros. O diário ressalta, no entanto, a existência do “Decreto Crescita”, o sistema fiscal italiano que favorece a contratação de estrelas estrangeiras por meio de isenção fiscal. Desta forma, o holandês Matthijs De Light é quem mais recebe na Itália (8 milhões de euros líquidos), apesar de ser apenas o oitavo na lista geral.

Na Alemanha, o Bayern de Munique é, com sobras, quem mais gasta com seu elenco. Robert Lewandowski, eleito o melhor jogador do mundo em 2021 pela Fifa, lidera com 23 milhões de euros brutos por temporada, seguido por Manuel Neuer e Leroy Sané, com 20 milhões de euros. Marco Reus, do Borussia Dortmund, nono colocado com 12 milhões de euros é o único “intruso” no top 10.

Especialistas de mercado ouvidos pelo Marca ressaltam uma mudança no mercado do futebol: clubes estão gastando mais com salários e menos com transferências. “O fenômeno dos agentes livres é cada dia mais forte e na minha opinião vai crescer ainda mais. Há muitos jogadores top que já planejam estes movimentos porque assim podem eleger seu próximo destino com mais liberdade”, afirmou Fabrizio Romano, jornaista italiano especialista em mercado.

O caso de Kylian Mbappé, cujo contrato com o PSG se encerra no próximo verão europeu, é o mais emblemático dentre as estrelas que podem deixar seus clubes “de graça”, o que aumenta seu poder de negociação sobre os salários. A maior transferência da história do futebol segue sendo a de Neymar, do Barcelona para o PSG, por 222 milhões de euros, em 2017.

Confira as listas completas de maiores salários das ligas revelado pelo Marca

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês