ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Jorginho elege De Bruyne como Bola de Ouro: ‘Inteligência acima da média’

Volante ítalo-brasileiro apontou o meio-campista belga, do Manchester City, como o seu favorito para o prêmio; vencedor será conhecido no próximo dia 29

Por Da Redação Atualizado em 29 out 2021, 09h37 - Publicado em 29 out 2021, 09h29

O volante ítalo-brasileiro Jorginho, do Chelsea, apontou nesta sexta-feira, 29, em entrevista à ESPN Brasil, o meio-campista belga Kevin De Bruyne, do Manchester City, como o seu favorito para vencer o tradicional prêmio Bola de Ouro, entregue pela revista France Football, que será conhecido no próximo dia 29 de novembro, em um evento de gala no Théâtre du Chatelet, em Paris.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

“Jorginho (risos). Se eu não votar em mim, quem vai votar? Quero ter pelo menos um voto! Brincadeira. Acredito que votaria no Kevin de Bruyne [do Manchester City] por tudo que vem fazendo e pelo futebol lindo que vem apresentando nos últimos anos. Para quem gosta de futebol, é muito gostoso vê-lo jogar porque entender de futebol, é um jogador com inteligência acima da média”, disse à emissora.

De Bruyne e Jorginho são rivais e, curiosamente, estiveram frente a frente na decisão da última Liga dos Campeões, vencida pelo Chelsea, no estádio do Dragão, no Porto, em Portugal.

Na ocasião, o belga deixou o gramado aos 14 minutos do segundo tempo com um inchaço no olho, após se chocar com o zagueiro alemão Rudiger. O Chelsea venceu por 1 a 0 e conquistou a competição após nove anos.

Jorginho faz a melhor temporada da carreira com protagonismo na campanha vitoriosa do Chelsea na Champions e da seleção italiana na conquista da Eurocopa. Ele falou sobre o atual protagonismo assumido pelo Chelsea, líder da Premier League, considerada a mais disputada.

“Não podemos pensar que somos o melhor time, que vamos ganhar e que está tudo bem. Para isso acontecer, é o trabalho que você faz. Se baixar a guarda e menosprezar o adversário você toma, porque não ganha o jogo. A humildade como grupo, a fome de vitória e a consistência são fundamentais. É um conjunto de coisas que faz você ir para a direção certa”, afirmou.

Disputa pela Bola de Ouro está em aberta nesta temporada -
Disputa pela Bola de Ouro está em aberta nesta temporada – Fatih Erel/Getty Images
Continua após a publicidade

“A mentalidade que estamos criando é a de vencer porque esse clube é vencedor. Quando estiver 2 a 0, temos que querer fazer mais gols. Porque, se você para, está desrespeitando o adversário. Trabalhar da mesma maneira como se estivesse 0 a 0. A confiança vai subir e os resultados chegam”, completou

De Bruyne, por sua vez, conduziu o City ao título inglês na última temporada. Em números individuais, no entanto, ficou longe da melhor temporada: 10 gols e 18 assistências. Na temporada 2019/20 foram 16 gols e 22 assistências.

Outros nomes como Salah e Karim Benzema já receberam lobbys públicos para a conquista da premiação por parte de treinadores e antigos jogadores. No caso do francês, o ex-atacante Ronaldo Fenômeno, além dos técnicos Zinedine Zidane e Didier Deschamps apontaram o camisa 9 do Real Madrid como favorito.

Ao todo, 30 nomes foram indicados como finalistas, 12 deles que atuam na Premier League. A lista conta com: Riyad Mahrez (Manchester City), N’Golo Kanté (Chelsea), Erling Haaland (Borussia Dortmund), Leonardo Bonucci (Juventus), Mason Mount (Chelsea), Harry Kane (Tottenham), Gianluigi Donnarumma (Milan e Paris Saint-Germain), Karim Benzema (Real Madrid), Raheem Sterling (Manchester City) e Nicolò Barella (Inter de Milão).

Neymar e Messi na premiação de 2015 -
Neymar e Messi na premiação de 2015 – Matthias Hangst/Getty Images

Lionel Messi (Barcelona e Paris Saint-Germain), Bruno Fernandes (Manchester United), Pedri (Barcelona), Luka Modric (Real Madrid), Giorgio Chiellini (Juventus), Kevin De Bruyne (Manchester City), Neymar (Paris Saint-Germain), Rúben Dias (Manchester City), Lautaro Martínez (Inter de Milão), Simon Kjaer (Milan), Robert Lewandowski (Bayern de Munique), Jorginho (Chelsea), Mohamed Salah (Liverpool), César Azpilicueta (Chelsea), Romelu Lukaku (Inter de Milão e Chelsea).

Cristiano Ronaldo (Juventus e Manchester United), Gerard Moreno (Villarreal), Phill Foden (Manchester City), Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain) e Luis Suárez (Atlético de Madri) foram os últimos cinco indicados revelados.

Não há – até o momento – nenhum grande favorito para levar o troféu. PLACAR tentou explicar as credenciais de cada um dos principais postulantes em matéria publicada na última quarta-feira, 6.

O último a levar o prêmio foi Lionel Messi, em 2 de dezembro de 2019. Antes dele, só Luka Modric, um ano antes, ousou fazer frente a hegemonia disputada palmo a palmo com Cristiano Ronaldo.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade