CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Jogadores são presos na Espanha em ação contra manipulação de resultados

Detidos são suspeitos de envolvimento em fraudes na primeira e segunda divisão do país para obter benefícios em apostas

Por Da Redação Atualizado em 28 set 2021, 12h18 - Publicado em 28 Maio 2019, 06h18

A Polícia Nacional da Espanha realiza, nesta terça-feira 28, uma operação contra a suposta manipulação de resultados em partidas da primeira e segunda divisão do Campeonato Espanhol para obter benefícios em apostas, e, entre as prisões, há atletas aposentados e em atividade.

Segundo fontes, entre os detidos estão alguns ex-atletas, como Raúl Bravo (ex-Real Madrid); Borja Fernández (que defendeu na última temporada o Real Valladolid, clube que pertence brasileiro Ronaldo Fenômeno, e anunciou sua aposentadoria); e Carlos Aranda.

Também foram detidos Agustín Lasaosa, presidente do Huesca, e Juan Carlos Galindo Lanuza, chefe do departamento médico do clube, rebaixado no último Campeonato Espanhol.

Segundo a imprensa inglesa, o meia-atacante Samuel Sáiz, atleta espanhol do Leeds United que está emprestado ao Getafe, também foi preso nesta terça-feira.

(Com EFE)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês