CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Jogador do Villarreal é detido por suspeita de roubo e agressão

Homem acusa o zagueiro português Rúben Semedo de tê-lo sequestrado e roubado 24.000 euros além de outros itens de valor

Por Gazeta Press Atualizado em 29 set 2021, 09h38 - Publicado em 20 fev 2018, 16h36

O zagueiro português Rúben Semedo, do Villarreal, tem se destacado na Espanha, mas apenas no noticiário policial. Nesta terça-feira, de acordo com o jornal Las Provincias, o jogador de 23 anos foi detido em sua casa pela Guarda Civil de Valência acusado de agressão, roubo e porte ilegal de arma de fogo.

A queixa contra Semedo foi realizada no dia 12 de fevereiro, mas a ordem para que o defensor fosse detido foi expedida apenas na última segunda-feira. A vítima diz ter sido sequestrada por Semedo e outros dois homens – um deles seria primo do jogador.

O denunciante diz ter sido amarrado e mantido na casa do jogador, em Bétera, na Espanha, enquanto o trio invadia sua casa para roubar 24.000 euros (cerca de 96.000 reais), um computador e outros objetos de valor. Com provas de hematomas, o homem ainda apontou que um dos agressores disparou uma arma para assustá-lo.

Os casos de polícia envolvendo o zagueiro português não são inéditos. Primeiro, foi acusado de briga em um bar de Valência. Depois, em dezembro de 2017, o jogador foi acusado de ter ameaçado um segurança de uma casa noturna com uma arma. Revelado pelo Sporting, ele chegou ao Villarreal em julho do ano passado.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade