CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Jogador do Afeganistão morreu ao tentar se agarrar em avião americano

Zaki Anwari, de 19 anos, tinha passagens pela seleção afegã sub-16 e caiu de um Boeing das Forças Armadas americanas, segundo o canal local “Ariana News”

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 17h33 - Publicado em 19 ago 2021, 16h47

Cenas chocantes de cidadãos tentando deixar o Afeganistão pendurados em um avião americano rodaram o mundo na última segunda-feira, 16, um dia depois de o grupo extremista Talibã tomar o poder no país. Dentre as vítimas fatais que acabaram lançadas de uma enorme altura após a decolagem estava um jogador de futebol: Zaki Anwari, de 19 anos, com passagens pela seleção afegã de base, segundo informações da Ariana News, principal canal de notícias do país.

Ainda segundo a rede afegã, Anwari foi encontrado morto no aeroporto de Cabul ao se soltar do trem de pouso de um Boeing C-17 das Forças Armadas dos Estados Unidos. A morte foi confirmada pela Diretoria Geral de Educação Física e Esportes do Afeganistão. Anwari atuou pela seleção sub-16 do Afeganistão.

O Talibã começou sua investida para retomar o controle do Afeganistão em maio, após o início da retirada das tropas estrangeiras do país, sobretudo americanas. No último dia 11, o serviço de inteligência dos EUA apontou que os extremistas poderiam tomar a capital em 90 dias, porém a sua queda ocorreu mais rápido do que o esperado. 

Após conquistar uma série de capitais provinciais na última semana, os fundamentalistas sitiaram Cabul no último domingo, movimento que fez com que o presidente Ashraf Ghani partisse para o Uzbequistão com sua esposa e dois assessores próximos. Poucas horas depois, o grupo entrou no Palácio Presidencial e fez um pronunciamento à mídia afirmando que tem o total controle sobre o país.

Na última segunda-feira, 16, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que Washington “jamais teve o objetivo de construir um país” no Afeganistão e reiterou que ainda defende veementemente sua decisão de retirar as tropas americanas do país, mesmo que o colapso tenha sido mais rápido do que o esperado.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade