CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Jô desconversa sobre gol de mão: ‘Não vi se tocou ou não’

Autor do gol da vitória do Corinthians sobre o Vasco disse que, se tivesse convicção de que lance foi irregular, teria avisado o árbitro

Por Da redação Atualizado em 20 out 2021, 20h07 - Publicado em 17 set 2017, 18h42

O atacante marcou, com o braço, o gol que deu a vitória ao Corinthians sobre o Vasco, por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro, na tarde deste domingo, em Itaquera. Após a partida, o atacante desconversou sobre a ilegalidade do lance e disse não ter certeza se a bola tocou em seu braço.

“Eu me joguei na bola, não deu pra ver. Não sabia se a bola ia entrar, me joguei e não sei onde bateu”, disse, à Rede Globo. O jogador, que durante o Campeonato Paulista foi beneficiado por um gesto de honestidade de Rodrigo Caio, do São Paulo, disse que avisaria o juiz que o gol foi irregular se tivesse certeza. “Se eu tivesse convicção eu falaria, mas não tinha. O árbitro que deve interpretar se foi mão ou não”

O técnico Fabio Carille também foi questionado sobre o lance e disse que o árbitro pode ter considerado que a bola já havia entrado – o que não ocorreu. “Muita gente ainda está em dúvida se a bola estava dentro ou não. Como que o Jô poderia dizer se a bola estava dentro ou não?” O Corinthians também reclama de um pênalti não marcado, no próprio Jô, ainda no primeiro tempo.

Gol Jô
Bola tocou no braço de Jô antes de entrar //Reprodução
Publicidade