CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Inter e Fla lançam camisa em homenagem ao mês da Consciência Negra

Gaúchos estrearão o uniforme na partida contra o Cuiabá nesta quarta-feira, 17; São Paulo, outro time patrocinado pela Adidas, não participa da homenagem

Por Da Redação Atualizado em 17 nov 2021, 16h14 - Publicado em 17 nov 2021, 16h11

Internacional e Flamengo, aliados à fornecedora alemã Adidas, lançaram nesta quarta-feira, 17, uma camisa preta em homenagem ao mês da Consciência Negra. Inspirado no manifesto “Excelência Negra”, de Marcelo Carvalho, o novo uniforme traz frases no número das camisas como “o negro no futebol brasileiro é a marca do Brasil” e “jogadores negros ganharam o mundo”. O clube gaúcho irá estrear a peça já nesta quarta, no jogo contra o Cuiabá, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, onde pela primeira vez em sua história o time gaúcho usará um uniforme preto em jogo. 

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Marcelo Carvalho é um dos criadores do projeto Observatório Racial, que homenageia homens e mulheres negros do futebol brasileiro, além de todas as suas conquistas.  A nova camisa é predominantemente preta e carrega detalhes em dourado. Nas costas, frases e palavras como “heróis negros” preenchem o número de identificação dos jogadores. Já no peito, o detalhe é o desenho de patch de um cabelo Black Power com a frase “É a Coroa” estampada por todo o desenho.

Os meio-campistas do Internacional, Patrick e Taison, nomes engajados no combate ao racismo, participaram da campanha de lançamento do uniforme.

Continua após a publicidade

A camisa já está disponível nas lojas do clube e da marca por R$ 279,00. Nas redes sociais Taison ainda cobrou do clube e da marca para baixar o preço do novo uniforme. ”Alô @adidasbrasil @scinternacional, vamos fazer um preço camarada para minha rapaziada ter uma camisa linda dessas por favor? Assinado, Taison Barcellos Freda! Amo vocês”, disse o jogador no Instagram.

Idealizador do manifesto que inspirou a criação da camisa, Marcelo Carvalho, comentou sobre a homenagem a homens e mulheres negras que ajudaram a construir a história do futebol brasileiro. “Importante demais ver uma ação que homenageia homens e mulheres negras que ajudaram a construir a maravilhosa história do futebol brasileiro. A luta contra o racismo, também é, evitar o apagamento da história de atletas que com seus talentos tornaram o futebol brasileiro não só vencedor, mas também lembrado por ser algo mágico”, afirmou.

“Que nossos meninas e meninos conheçam as histórias daqueles que encantaram o Brasil e o mundo, e que essa homenagem visa reforçar toda a contribuição que negros e negras trouxeram ao futebol brasileiro“​, completou. 

View this post on Instagram

A post shared by adidas Brasil (@adidasbrasil)

O São Paulo é outro time nacional patrocinado pela Adidas, mas que decidiu não participar das homenagens. Segundo uma fonte informou ao ge.com as peças, em preto e branco, cores relacionadas aos rivais Corinthians e Santos, não foram aprovadas no Morumbi. Além disso, o clube teria sugerido mudanças na camisa, que não foram aceitas pela marca. O clube afirmou que prepara outras ações e iniciativas para o Dia da Consciência Negra.

Procurada, a Adidas informou em nota que “para todas as temporadas, a adidas trabalha de maneira conjunta com seus clubes parceiros na criação e aprovação dos uniformes de jogo, treino e roupas de viagem, ficando a critério do regimento de cada clube a definição sobre o uso de terceiras camisas e/ou uniformes comemorativos”.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN! 

Continua após a publicidade

Publicidade