ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Hope Solo sonha virar presidente da federação de futebol dos EUA

Ex-goleira, campeã olímpica e mundial com a seleção americana, lançou candidatura em sua página no Facebook

Por Da Redação Atualizado em 20 out 2021, 17h59 - Publicado em 8 dez 2017, 20h52

Hope Solo, ex-goleira da seleção feminina dos Estados Unidos,  quer seguir ligada ao mundo do futebol, mas como dirigente. Ela lançou nesta quinta-feira, em sua página pessoal no Facebook, a candidatura à presidência da US Soccer, a federação americana de futebol. A eleição irá acontecer no próximo mês de fevereiro.

O anúncio da candidatura de Hope Solo acontece depois que Sunil Gulati confirmou que não tentará uma quarta reeleição, em razão do fracasso da seleção masculina, que acabou ficando fora da Copa do Mundo da Rússia, após não ter avançado nas eliminatórias da Concacaf.

No longo texto em que confirmou sua candidatura, a ex-goleira de 36 anos diz que sabe exatamente o que a federação americana precisa para evoluir. “Foram 23 anos trabalhando com a US Soccer. Vivi e respirei o sistema. Os problemas começam ainda na base. Alguns dos melhores clubes cobram dos jogadores de 3 a 5 mil dólares por temporada. Vi muitos precisarem desistir dos seus sonhos. A questão é: por que uma organização sem fins lucrativos, que tem milhões de dólares à sua disposição, não torna o esporte mais amado do mundo acessível a todos? Para onde vai o dinheiro?”, escreveu.

Posted by Hope Solo on Thursday, December 7, 2017

Além de Hope Solo, existem outros oito candidatos à presidência da US Soccer. Entre eles, há uma outra mulher, Kathy Carter, presidente da Soccer United Marketing, parceiro da federação americana, além de três ex-jogadores da seleção masculina americana: Eric Wynalda, Paul Caligiuri e Kyle Martino.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade