CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Herói do Boca perdeu Copa por lesão e fez primeiros gols no ano

Darío Benedetto brilhou com dois gols diante do Palmeiras após sequência de lesões. “É muita emoção por tantos meses de esforço”, desabafou

Por Da redação Atualizado em 28 set 2021, 16h35 - Publicado em 25 out 2018, 12h29

Darío Benedetto viveu o auge de sua carreira nesta quarta-feira ao marcar os gols da vitória do Boca Juniors sobre o Palmeiras, na Bombonera, em Buenos Aires, na primeira partida da semifinal da Libertadores. O atacante de 28 anos não balançava as redes havia 339 dias, abatido por uma sequência de lesões que tirou sua chance de disputar a Copa do Mundo da Rússia pela seleção argentina.

“É muita emoção por tantos meses de esforço. Venho sofrendo com lesões e por isso fico muito contente por voltar a marcar, o que é importante para um atacante, ainda mais nessa fase. Tomara que possa continuar dessa maneira”, afirmou Benedetto, após a partida.

O jogador revelado pelo Arsenal de Sarandí e com boa passagem pelo futebol mexicano vivia ótima fase pelo Boca Juniors quando, no fim de 2017, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito. Ele era o artilheiro da equipe na época e vinha sendo convocado por Jorge Sampaoli para a seleção da Argentina.

Para piorar, depois que se recuperou da lesão no joelho, teve um novo problema, uma tendinite no tendão de Aquiles do tornozelo esquerdo que o deixou fora da fase de grupos da Libertadores. Como tem voltado aos poucos a jogar, Benedetto enfrenta a forte concorrência no setor e não tem sido titular. O técnico Guillermo Barrios Schelotto vem optando por Ramon Ábila, ex-jogador do Cruzeiro.

Para o jogo no estádio Allianz Parque, em São Paulo, na quarta-feira que vem, provavelmente o artilheiro do primeiro jogo deverá continuar no banco de reservas, ao lado de Carlitos Tevez. Mas ganhou elogios rasgados do técnico Guillermo Barros Schelotto, que revelou que Benedetto chegou a receber propostas de clube europeus antes da lesão. “Ele teve de voltar do zero. O mérito dele é de não se abater. Tinha um futuro na Europa, mas não desistiu.”

Dario Benedetto marcou dois gols em cinco minutos contra o Palmeiras Alejandro Pagni/AFP

(Com Gazeta Press e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade