ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Gol na final da Nations League faz Uefa repensar regra de impedimento

Diretor de arbitragem da entidade sugerirá que interpretação do impedimento seja atualizada em encontro que acontece no próximo dia 27 de outubro

Por Da Redação Atualizado em 15 out 2021, 10h14 - Publicado em 15 out 2021, 10h11

Ponto central das discussões na final da Nations League, vencida por 2 a 1 pela França sobre a Espanha, no último domingo, 10, em Milão, o gol decisivo marcado por Kilyan Mbappé virou assunto de preocupação para Roberto Rossetti, diretor de arbitragem da Uefa. A entidade afirmou que irá sugerir uma atualização na interpretação da regra do impedimento no próximo encontro entre integrantes da confederação europeia, Fifa e da International Football Board Association (Ifab), que acontece no próximo dia 27.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

O gol de Mbappé foi motivo de muitas discussões na última semana. O atacante do Paris Saint-Germain parecia estar em condição de impedimento após receber o passe de Theo Hernández.

A marcação foi descartada porque, ao tentar cortar o passe, o zagueiro espanhol Eric Garcia tocou na bola e fez com que Mbappé estivesse em situação regular para marcar. A jogada precisou do auxílio do VAR para ser interpretada e decidiu a competição.

O diretor de arbitragem da Uefa ainda defendeu a decisão do árbitro da partida Anthony Taylor, mas criticou a atual regra do impedimento dizendo que algumas recomendações contradizem o espírito da lei e que abrem possibilidade para jogadores se aproveitarem.

Segundo representantes da entidade, existem maneiras de melhorar a regra e atualizar, impedindo que situações como a da final da Nations League voltem a acontecer.

Continua após a publicidade

Publicidade