CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Fortaleza é o 1º nordestino na Libertadores via pontos corridos

Quinto colocado no Brasileirão, clube cearense garantiu vaga na competição sul-americana ao bater o Juventude por 1 a 0 no Castelão

Por Da redação 4 dez 2021, 09h04

O Fortaleza fez história na noite desta sexta-feira, 3, na Arena Castelão ao garantir vaga na Copa Libertadores  pela primeira vez. A participação na maior competição do continente foi garantida após vitória por 1 a 0 sobre o Juventude, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor do Pici será o quarto clube nordestino a disputar a Libertadores e o primeiro obtendo classificação via pontos corridos do Brasileirão (em vigor desde 2003).

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

O gol da vitória foi marcado já aos 36 minutos do segundo, quando o atacante argentino Valentín Depietri aproveitou saída errada do goleiro Douglas no tiro de meta e avançou sozinho para chutar cruzado e definir o jogo.

O resultado levou a Fortaleza a 55 pontos, na 5ª posição, classificação que já garantiu a presença da equipe na Copa Libertadores da América, faltando apenas a definição se será de forma direta na fase de grupos ou na etapa classificatória anterior.

O Juventude, poe sua vez, continua correndo risco de ser rebaixado à Série B, na 15ª posição com 43 pontos, a apenas três do Z4. O próximo jogo do Juventude será contra o São Paulo na segunda-feira, 6, no Morumbi. No mesmo dia o Fortaleza volta a campo para visitar o Cuiabá.

Continua após a publicidade

Histórico nordestino na Libertadores

Antes do Fortaleza, apenas Bahia, Sport e Náutico haviam participado do torneio. A equipe baiana é a mais experiente, com três participações: a primeira em 1960, como campeão da Taça Brasil de 1959, em 1964, como vice da Taça Brasil de 1963, em 1989, como campeão do Brasileirão de 1988. Na primeira e na última vez, o Bahia chegou às quartas de final.

O Sport tem duas participações: em 1988, como campeão da Copa União de 1987, e em 2009, como campeão da Copa do Brasil de 2008, na última vez que um nordestino esteve na Libertadores. Na ocasião, o clube pernambucano avançou às oitavas de final, na qual foi eliminado pelo Palmeiras.  Já o Náutico tem uma participação, em 1968, como vice-campeão da Taça Brasil de 1967. O Timbu caiu na fase de grupos.

(Com agência Brasil)

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade