CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Fora da Copa, seleção italiana é eleita “equipe do ano” no Prêmio Laureus

Considerado o Oscar do esporte, premiação elegeu a Itália pelo título da Eurocopa; Lewandowski também foi premiado

Por Da redação Atualizado em 24 abr 2022, 17h13 - Publicado em 24 abr 2022, 17h12

Neste domingo, 24, foi realizado o Prêmio Laureus 2022, evento considerado o “Oscar do Esporte” e que elege os melhores em categorias individuais e coletivas. Do mundo do futebol, o destaque foi a premiação da seleção italiana, que foi eleita a “equipe do ano”.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Mesmo fora da Copa do Mundo de 2022, a Itália recebeu o prêmio pelo título da Eurocopa, conquistado em julho do ano passado em cima da Inglaterra. 

Os italianos concorreram com outras cinco equipes: a seleção argentina de futebol masculino (campeã da Copa América em 2021) e a equipe feminina do Barcelona, que tem a craque Alexia Putellas entre os destaques e foi campeã da Champions League feminina, estavam entre elas. 

Continua após a publicidade

Ainda estavam na categoria a equipe de saltos ornamentais da China, que levou sete de oito ouros possíveis nos Jogos Olímpicos de Tóquio, a equipe da Mercedez, campeã pela oitava vez consecutiva do campeonato de construtores da Fórmula 1, e o Milwaukee Bucks, que conquistou o título da NBA na última temporada.

O outro único futebolista que acabou premiado foi o artilheiro Robert Lewandowski. O polonês venceu a categoria “Realização Excepcional” por ter anotado 41 gols na temporada 2020/2021 da Bundesliga, quebrando o recorde de Gerd Muller. Além disso, também foi citado a suas ações de solidariedade, como a visita a campos de refugiados sírios e as doações para famílias atingidas pela Guerra na Ucrânia. 

Capitã da equipe feminina do Barcelona, Alexia Putellas foi indicada na categoria “Melhor atleta mulher do ano”, mas foi superada pela jamaicana Elaine Thompson-Herah, que conquistou três medalhas de ouro nas Olimpíadas de Tóquio.

Na categoria “Revelação”, o jovem Pedri, de 19 anos e também do Barcelona, esteve entre os indicados. O vencedor, porém foi a tenista Emma Raducanu, que também tem 19 anos.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês