CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Firmino fala sobre lesão no olho: ‘Tive medo de ficar cego’

Atacante do Liverpool foi atingido no olho esquerdo por uma dedada acidental de Jan Vertonghen, do Tottenham

Por EFE Atualizado em 28 set 2021, 16h55 - Publicado em 4 out 2018, 16h23

O atacante brasileiro Roberto Firmino, do Liverpool, contou nesta quinta-feira que temeu ficar cego do olho esquerdo após ter sido acertado por uma acidentalmente pelo dedo do zagueiro Jan Vertonghen, do Tottenham. O incidente ocorreu na quinta rodada do Campeonato Inglês, em partida vencida pelo Liverpool por 2 a 1.

Em entrevista à emissora britânica Sky Sports, “Bobby”, como é chamado pela imprensa inglesa, relatou o susto. “Tive medo de ficar cego de um olho e não voltar a ver nunca mais. Graças a Deus, nada ocorreu e foi melhorando gradualmente. Tenho tomado minha medicação e me cuidado porque os olhos são muito importantes quando você é um jogador profissional”, explicou.

Firmino passou a treinar com óculos especiais para poupar a visão. Três dias depois do ocorrido, o atacante saiu do banco de reservas e marcou o gol da vitória por 3 a 2 do Liverpool sobre o Paris Saint-Germain, pela Liga dos Campeões.

“Estava assustado, mas a dor, gradualmente, foi passando depois que o médico me deu um analgésico. Quando o incidente aconteceu, tudo estava confuso e eu não podia ver pelo meu olho esquerdo”, lembrou Firmino, que já treina e joga sem limitações.

O brasileiro Roberto Firmino do Liverpool aparece com óculos de proteção durante treinamento em Melwood John Powell/Liverpool FC/Getty Images
Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade