ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Fifa confirma Mundial de Clubes de 2021 nos Emirados Árabes Unidos

Torneio que reúne tradicionalmente os campeões continentais ao redor do mundo deve acontecer em fevereiro de 2022

Por Da Redação Atualizado em 20 out 2021, 13h41 - Publicado em 20 out 2021, 13h24

Em conferência de imprensa transmitida virtualmente, a Fifa anunciou nesta quarta-feira, 20, que o próximo Mundial de Clubes será disputado nos Emirados Árabes Unidos. O torneio que ainda não tem data definida deve ser realizado em fevereiro de 2022 e terá a presença de um brasileiro, o vencedor da Libertadores, que será definido entre Flamengo e Palmeiras, atual quarto colocado da Copa do Mundo de Clubes, no dia 27 de novembro.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 14,90/mês

Já garantidos no torneio, estão o Chelsea, atual campeão da Champions League, o Auckland City, da Nova Zelândia, e o Al-Ahly, do Egito. Além do representante sul-americano, faltam ser definidos os representantes da América do Norte e Central, da Ásia e do país-sede.

Desse modo, com a definição da sede para o Mundial de Clubes, o Oriente Médio receberá dos torneios de escala internacional no ano de 2022, tendo em vista que a Copa do Mundo acontecerá no Catar, no fim do próximo ano. O Mundial de Clubes deste ano estava previsto para ocorrer em dezembro, no Japão, mas o plano acabou cancelado em razão da pandemia do novo coronavírus.

A Fifa não deixou claro se este será o último Mundial de Clubes neste formato. Em outubro de 2019, Infantino anunciou que um novo torneio, com 24 clubes e a cada quatro anos (substituiria a Copa das Confederações no calendário), estrearia em junho de 2021 na China – o que não ocorreu em razão da pandemia. Como a prioridade da entidade neste momento é aprovar que a Copa do Mundo de seleções passe a ser bienal, o que mexeria com todo o calendário do futebol, as discussões sobre o torneio de clubes está suspensa.

O Mundial de Clubes da Fifa foi disputado pela primeira vez em 2000, no Brasil, e vencido pelo Corinthians. A segunda edição em 2005, vencida pelo São Paulo marcou a consolidação deste novo formato, abrangendo todos os continentes, que substituiu o antigo Intercontinental, que de 1960 a 2004 foi disputado entre o campeão europeu e o sul-americano. O atual campeão mundial é o Bayern de Munique, que venceu o Tigres, do México, algoz do Palmeiras na semifinal, na última decisão.

Continua após a publicidade

Publicidade