CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Festas e tensões atrapalham Pochettino em vestiário galáctico do PSG

Segundo o jornal francês L'Equipe, técnico argentino precisa lidar com uma série de dificuldades para domar o elenco recheado de estrelas

Por Da Redação Atualizado em 21 dez 2021, 13h57 - Publicado em 21 dez 2021, 13h48

O técnico argentino Maurício Pochettino tem encontrado dificuldades para administrar o galáctico elenco do Paris Saint-Germain. Nesta terça-feira, 21, a reportagem de capa do jornal francês L’Equipe estampa: “Paris, segredos e ruídos”. O material diz que Pochettino precisou em seis meses lidar nos bastidores com uma série de tensões entre jogadores, disputa por privilégios e até mesmo festas que ocorrem sem anuência do clube.

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

A publicação conta que dois jogadores sul-americanos, que não tiveram os seus nomes revelados, se apresentaram para um treinamento no CT do clube sem condições por reflexos de uma festa noturna.

L'Equipe estampa os problemas do PSG - Reprodução
L’Equipe estampa os problemas do PSG – Reprodução

A comemoração pela sétima Bola de Ouro conquistada por Lionel Messi, principal reforço da equipe nesta temporada, também incomodou a dirigentes. Na ocasião, diversos vídeos viralizaram nas redes sociais com esposas dos jogadores dançando. No dia seguinte, o jogador argentino não treinou devido a uma gastroenterite.

O jornal também cita outros episódios que causaram mal-estar como a liberação por três dias do argentino Mauro Icardi para resolver polêmicas envolvendo o seu casamento e o fato de Neymar não ter ido a um compromisso obrigatório promovido por um dos patrocinadores da equipe.

Messi demonstrou clara insatisfação a Pochettino por substituição -
Messi demonstrou clara insatisfação a Pochettino por substituição – Franck Fife/HULU
Continua após a publicidade

Durante a temporada, Pochettino também já precisou lidar com outros problemas que se tornaram públicos, um deles com Messi. O camisa 30 demonstrou claro incômodo com o treinador ao ser subtituído por Hakimi, aos 30 minutos do segundo tempo, da vitória por 2 a 1 sobre o Lyon.

Pochettino estendeu a mão para cumprimentar Messi, que não aceitou. O ato foi alvo de críticas, principalmente, na imprensa espanhola que tratou o tema como o início de uma polêmica.

Situação difícil nos bastidores também envolveu o goleiro Gianluigi Donnarumma. Segundo o jornal italiano Il Corriere, ele está insatisfeito devido a titularidade do experiente costarriquenho Keylor Navas.

A publicação também menciona que Navas tem o apoio do “clã sul-americano” da equipe formado por Neymar, Di Maria, Paredes, Marquinhos e Messi. Os dois primeiros, ao lado de Marquinhos, são considerados os principais líderes do elenco. A dupla brasileira, inclusive, costuma revezar a faixa de capitão.

Donnarumma virou dores de cabeça no estelar PSG -
Donnarumma virou dores de cabeça no estelar PSG – John Berry/Getty Images

Também preocupa o clube a situação de Kylian Mbappé, que externou o desejo de se mudar para Madri. No último dia 4 de outubro, em entrevista à rádio francesa RMC Sports, o atacante confirmou que pediu para deixar o clube, mas desmentiu a série de recusas a renovações contratuais. “As pessoas disseram que recusei seis ou sete ofertas de renovação, que não quero mais falar com Leonardo [diretor brasileiro do PSG]. Isso não é verdade. Me disseram: ‘Kylian, agora você está falando com o presidente”, disse o jogador.

Ressentido com a postura do clube de não o liberar, Mbappé explicou publicamente o que o incomodou. “A minha posição sempre foi clara, informei o clube da minha intenção de sair no final de julho. Não gostei que o clube tivesse dito que só avisei que queria sair no final de agosto. Foi mentira e soou como se fosse um bandido. Disse ao PSG que queria sair no fim de julho”.

O PSG lidera o Campeonato Francês com 45 pontos, 13 a mais do que o vice-líder, o Olympique de Marselha. Na Liga dos Campeões, a equipe enfrentará o Real Madrid nos dias 15 de fevereiro e 9 de março.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN! 

Continua após a publicidade

Publicidade