CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Favorito, Chelsea chega ao Mundial entre má fase, desfalques e folga

Maus resultados na Premier League e exaustão do elenco fizeram o técnico Thomas Tuchel dar uma semana inteira de descanso aos atletas

Por Da redação Atualizado em 8 fev 2022, 16h18 - Publicado em 4 fev 2022, 08h00

Vencedor da Liga dos Campeões em 2021, o Chelsea é o grande favorito para vencer o Mundial de Clubes em sua segunda participação no torneio. Mas o time inglês não chega vivendo sua melhor fase na temporada. Em meio a maus resultados na Premier League e sinais de exaustão do elenco, o técnico Thomas Tuchel chegou até a dar uma semana inteira de folga para os jogadores, aproveitando a pausa de inverno do campeonato. Caso elimine o Al Hilal na semifinal, nesta quarta-feira, 9, os britânicos vão encontrar o Palmeiras na decisão de sábado, 12.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

O Chelsea voltou aos treinos apenas em 1º de fevereiro para iniciar a preparação para o jogo contra o Plymouth Argyle, da terceira divisão, pela Copa da Inglaterra, no dia 5. O time londrino precisou da prorrogação para vencer por 2 a 1 e se classificar, e só depois viajou rumo aos Emirados Árabes para jogar o Mundial.

Atual terceiro colocado do Campeonato Inglês e nas oitavas de final da Champions, os Blues terão duas baixas para o torneio: o lateral direito Reece James e o lateral esquerdo Ben Chilwell, ambos da seleção inglesa, estão lesionados. Já o goleiro Édouard Mendy, eleito recentemente o melhor do mundo pela Fifa, só se integrou ao grupo depois de ser campeão da Copa Africana por Senegal, no dia 6.

O próprio Thomas Tuchel será desfalque na estreia contra o Al Hilal, após testar positivo para Covid-19. Ainda assim, o Chelsea conta com um grupo repleto de opções. O capitão César Azpilicueta é alternativa para o lado direito, enquanto Marcos Alonso tem jogado na esquerda. No gol, o também espanhol Kepa Arrizabalaga é o reserva imediato.

Continua após a publicidade

A má fase dos londrinos começou no fim do ano passado. Nas cinco últimas rodadas da Premier League, o time conquistou apenas seis dos 15 pontos disputados e perdeu para o líder Manchester City – o que transformou a chance de título nacional em um sonho distante, tendo em vista a distância de 10 pontos para o primeiro colocado.

Entre altos e baixos, o destaque ofensivo dos Blues na temporada tem sido o jovem meia inglês Mason Mount, responsável por sete gols e seis assistências no Campeonato Inglês. O volante ítalo-brasileiro Jorginho é outra referência do time, enquanto o atacante belga Romelu Lukaku, principal contratação para a temporada, ainda não engrenou: soma apenas cinco gols na Premier League até aqui e já chegou a ser afastado por Tuchel após uma polêmica entrevista em que se disse insatisfeito com os métodos do treinador.

Liderando o setor defensivo, o Chelsea conta com Thiago Silva, titular da seleção brasileira e líder em cortes e passes longos por jogo, segundo o site SofaScore.

Em sua participação anterior no Mundial de Clubes, em 2012, o Chelsea foi vice-campeão. A equipe inglesa acabou derrotada na final por 1 a 0 pelo Corinthians, com gol de Paolo Guerrero.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês