CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Endrick mantém ‘cabeça no lugar’ após título e briga com argentinos

Promessa brasileira marcou cinco gols em quatro jogos durante torneio sub-17 disputado na França e levou prêmios de artilheiro e melhor jogador

Por Da redação 19 abr 2022, 10h38

Em um embate que terminou em briga generalizada, o Brasil venceu a Argentina por 2 a 1 e conquistou o Torneio de Montaigu, França, da categoria sub-17, na última segunda-feira, 18. Com uma geração empolgante, a seleção terminou a campanha com três vitórias em quatro jogos. Grande promessa do futebol nacional, quem mais brilhou foi o atacante Endrick, de 15 anos, que marcou cinco gols na competição internacional e levou os prêmios de artilheiro e melhor jogador. Após a conquista, o atleta do Palmeiras ressaltou a importância de manter a “cabeça no lugar”.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

A decisão contra a Argentina foi um dos grandes testes para o garoto até o momento. Logo no início da partida, a promessa abriu o placar para o Brasil. Depois de marcar, Endrick seguiu incomodando a defesa rival, mas foram os argentinos quem empataram. O gol vitorioso veio de Luís Guilherme, também da base palmeirense e outro destaque no torneio, em pênalti sofrido por Endrick. Ao final do jogo, jogadores das duas equipes se envolveram em uma briga.

Endrick, mesmo com a campanha brilhante no título e a possibilidade de provocar a seleção rival, manteve a calma: “Inexplicável o que está acontecendo na minha vida. Mas o mais importante é ficar com a cabeça no lugar. Manter minha humildade. Não me exaltar com nada, por ter sido melhor jogador e artilheiro também. Nisso tudo a equipe me ajudou, se não fosse eles, não teria conquistado”.

Sobre a confusão, o atacante completou: “Meus pais falam bastante para não brigar, para sempre ajudar a tirar a briga. Infelizmente aconteceram coisas no jogo que foram lamentáveis para o espetáculo e eu pude também ajudar a tirar um pouco da briga”.

Continua após a publicidade

Após uma Copa São Paulo de Futebol Júnior expressiva, com seis gols em sete jogos e o prêmio de craque do torneio, o jovem Endrick virou uma das grandes sensações do futebol brasileiro. Ainda aos 15 anos, o garoto sequer pode assinar um contrato profissional com o Palmeiras. Mesmo assim, o nome do atacante já estampou manchetes em todo o mundo, apontando interesse de gigantes clubes da Europa na joia brasileira.

O brilho no Torneio de Montaigu volta a fazer com que o atacante chame atenção. Campeão da competição sub-17 vestindo a camisa da seleção brasileira, Endrick fez cinco gols em quatro partidas. Enfrentando México, Holanda, Inglaterra e Argentina, o camisa 9 brilhou e voltou a encantar o planeta.

Autor de belo gol (veja abaixo) contra a Inglaterra, Endrick ganhou novo destaque no cenário europeu. Na Espanha, o jornal Sport o adjetivou como “menino-prodígio” e descreveu a jogada como antológica. O Marca também fez uma matéria exaltando a geração brasileira.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês