Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Brasil joga mal, mas vence Venezuela de virada e segue 100% nas Eliminatórias

Com gols na segunda etapa de Marquinhos, Gabigol e Antony, e grande atuação de Raphinha, seleção brasileira faz 3 a 1 em Caracas

A seleção brasileira sofreu, sobretudo na primeira etapa, mas bateu a Venezuela por 3 a 1, de virada, em Caracas, pela 11ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. Os gols de Marquinhos, Gabriel Barbosa e Antony mantiveram os 100% de aproveitamento da equipe, que tem 27 pontos, oito a mais que a vice-líder Argentina, que empatou em 0 a 0 com o Paraguai. O destaque da partida foi o estreante Raphinha, que participou dos três tentos.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Sem Neymar, suspenso, e Casemiro, cortado por um problema dentário, o Brasil teve extrema dificuldade e lentidão na primeira etapa. A Venezuela abriu o placar logo aos 10 minutos quando Yeferson Soteldo, ex-Santos, encarou a marcação pela ponta direita e cruzou para Eric Ramírez cabecear com liberdade. Fabinho e Marquinhos escorregaram no lance.

O Brasil teve boa chance para empatar quando Everton Ribeiro invadiu a área, mas, de frente para o goleiro, ele preferiu passar para seu companheiro de Flamengo, Gabriel Barbosa, e a defesa cortou. A equipe da casa seguiu jogando melhor, mas não conseguiu ampliar.

  • Já na volta do intervalo, Tite mandou a campo o estreante Raphinha, do Leeds United, na vaga de Everton Ribeiro. O Brasil chegou a empatar no início, de cabeça, com Thiago Silva, mas o zagueiro estava impedido e o gol foi anulado. O jogo seguiu amarrado e o treinador brasileiro decidiu mandar a campo Vinicius Jr. O gol de empate saiu em cobrança de escanteio de Raphinha, que Marquinhos completou de cabeça.

    O gol da virada saiu em mais uma jogada de Raphinha, que passou para Vinicius Jr. O atacante do Real Madrid chutou, o goleiro Graterols defendeu e, no rebote, Gabigol sofreu pênalti. O próprio ídolo do Flamengo converteu a cobrança. No fim, outro estreante, Antony, do Ajax, completou mais uma bela jogada de Raphinha e marcou o terceiro, selando a vitória brasileira.

    Com mais uma derrota, a seleção venezuelana permanece na última colocação, com apenas quatro pontos. Nos próximos compromissos, em jogos atrasos da quarta rodada, o Brasil visita a Colômbia, em Barranquilla, e a Venezuala recebe o Equador, em Caracas, ambos no próximo domingo.

    Gabriel Jesus durante partida contra a Venezuela, em Caracas
    Gabriel Jesus durante partida contra a Venezuela, em Caracas Lucas Figueiredo/CBF

     

    Narração Minuto a Minuto