CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Eliminatórias da Copa: Bolívia recorre por pontos perdidos

Bolívia vai ao CAS em busca de 4 pontos, que também poderiam ajudar a Argentina

Por da redação Atualizado em 21 out 2021, 01h56 - Publicado em 2 mar 2017, 10h34

A Bolívia recorreu à Corte Arbitral do Esporte (CAS) após perder quatro pontos nas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2018 por ter escalado o jogador Nelson Cabrera de forma irregular.

Cabrera nasceu no Paraguai e, pelas regras da Fifa, não poderia jogar pela Bolívia até que completasse pelo menos cinco anos morando no país. Como foi escalado com apenas três anos vivendo no país, o jogador de 33 anos fez com que os bolivianos perdessem quatro pontos nas Eliminatórias.

A Bolívia venceu o Peru por 2 x 0 em casa e então empatou em 0 x 0 com o Chile fora de casa na primeira semana de setembro, ambas com Cabrera em campo. Por isso, o comitê disciplinar da Fifa concedeu vitórias por 3 x 0 para os dois oponentes nessas duas partidas.

A Bolívia já havia entrado com um recurso, negado pela Fifa. Na ocasião, o fato prejudicou a Argentina, que saiu da zona de classificação para a Copa do Mundo de 2018. Agora, os bolivianos buscam uma nova saída.

Os resultados afetaram significativamente a tabela das eliminatórias sul-americanas, em que os quatro melhores colocados entre as 10 seleções se classificam diretamente para a Copa do Mundo e o quinto segue para uma repescagem intercontinental. Os dois pontos recebidos pelo Chile colocaram o país acima da Argentina por um ponto, em quatro lugar.

O Brasil lidera, com 27 pontos, enquanto Uruguai tem 23, Equador e Chile têm 20 e Argentina fica em quinto lugar, com 19 pontos. A Colômbia vem logo atrás, com 18 pontos.

(com Reuters)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês