CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Ederson é operado para retirar tumor e deve ter alta no sábado

Cirurgia de retirada do testículo do jogador foi um sucesso

Por Da redação Atualizado em 20 out 2021, 21h47 - Publicado em 28 jul 2017, 17h26

Horas depois de o meia Ederson, do Flamengo ter sido operado com sucesso para retirada de um testículo diagnosticado com um tumor, o cirurgião Franz Campos, que realizou o procedimento, e o chefe do departamento médico do clube, Marcio Tannure, confirmaram que o jogador terá alta no sábado. “Começamos uma guerra e a primeira batalha foi vencida. É uma patologia rara, agressiva, mas com índice de cura alto, desde que conduzido com celeridade, como está fazendo o Flamengo. Começa com cirurgia, segue com quimioterapia e avalia-se como o paciente vai responder”, disse Campos, informando o tratamento pode demorar até três meses.

Além da retirada do testículo, na cirurgia foi implantada uma prótese no lugar do órgão. Não há prazo para ele voltar a jogar. “Foi necessário retirar o testículo direito. O material foi biopsiado e enviado para o controle, para confirmar o tumor.”

“Ainda não tem previsão de cura. Vamos montar um protocolo para que ele volte gradualmente até a sua melhor performance. A cirurgia foi muito bem-sucedida e isso nos dá conforto de que tudo sairá dentro do esperado”, afirmou Tannure.

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês