ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

‘É uma vergonha’, diz Carille sobre erro contra o Corinthians

Treinador lidera queixas do clube contra a arbitragem, e reclama de anulação de gol legítimo contra o Flamengo em São Paulo

Por Da Redação Atualizado em 20 out 2021, 21h43 - Publicado em 30 jul 2017, 19h52

A anulação do gol legítimo do atacante Jô foi o assunto mais comentado por jogadores, comissão técnica e diretoria do Corinthians após o empate em 1 a 1 com o Flamengo, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, em São Paulo. A marcação do impedimento inexistente pelo auxiliar Pablo Costa, corroborada pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro, tirou do sério até mesmo o treinador Fábio Carille, conhecido por ser uma pessoa tranquila.

Na entrevista coletiva após a partida, Carille mostrou irritação e reclamou do erro da arbitragem.

“Tem erros e erros. O de hoje não pode acontecer pelo tamanho do jogo. Sou contra a tecnologia, a não ser aquela de a bola cruzar ou não a linha do gol. Acho que o jogo vai ficar chato, parando muito. Mas não dá para ter o erro que aconteceu. É uma vergonha”, disse o treinador.

O presidente do clube, Roberto de Andrade, também utilizou palavras fortes para falar do impedimento de Jô, que estava claramente atrás da linha da bola no passe de Maycon.

“Foi grosseiro. Era o lance mais fácil do mundo, que eles aprendem no primeiro dia de aula na arbitragem. Foi um absurdo”, falou o dirigente.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Entre os jogadores, a reclamação também aconteceu, mas foi menos incisiva. , personagem principal do lance, apontou a falha de Pablo Costa, mas preferiu não polemizar. Até mesmo o meia Jadson fez seu comentário. Afastado da equipe por conta de uma fratura na costela, o jogador deu sua opinião em seu perfil no Twitter.

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade