CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Doria recomenda redução de público em jogos da Copinha e Paulista

Em meio a surto de Covid, governador sugere limitação em eventos que gerem aglomeração; Palmeiras, São Paulo, Santos e Corinthians têm 33 casos confirmados

Por Da Redação Atualizado em 12 jan 2022, 13h46 - Publicado em 12 jan 2022, 13h32

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou na tarde desta quarta-feira, 12, que vai recomendar a municípios a redução em 30% de público nos eventos com aglomeração em todo o estado. A medida, caso acatada por prefeituras, afetará diretamente no número de torcedores nos estádios para os jogos da Copa São Paulo de Futebol Júnior e do Campeonato Paulista.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Doria já havia acenado um dia antes, em visita a Monte Aprazível, que eventos com grandes aglomerações precisariam respeitar novas regras para conter o avanço acelerado de transmissão da variante ômicron da Covid-19.

“Recomendamos que organizadores de eventos musicais e esportivos reforcem as medidas preventivas”, disse Doria. A orientação é para que prefeituras reduzam a capacidade máxima em shows, festas, atividades e jogos de futebol.

Dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) na terça aparam 70.765 novos casos da doença no Brasil nas últimas 24 horas, o maior número desde 18 de setembro.

Continua após a publicidade

“Sugestão para os municípios que faça redução de 30% na capacidade de público dos eventos, mas deixa em aberto que isso fica a critério do município. Dependendo da situação epidemiológica do município esse percentual pode ser aumentado”, explicou o médico João Gabbardo, do comitê científico da gestão.

O Palmeiras, de Endrick, pode ter público reduzido na missão do inédito título da Copinha -
O Palmeiras, de Endrick, pode ter público reduzido na missão do inédito título da Copinha – Fabio Menotti/SE Palmeiras/Divulgação

A competição tem rodada inaugural agendada para o próximo dia 25 de janeiro, com duas partidas: Botafogo-SP x Santo André, em Ribeirão Preto, e Corinthians x Ferroviária, em São Paulo. Os 16 clubes que compõem a elite do futebol do estado e a Federação Paulista de Futebol (FPF) ainda não se pronunciaram oficialmente.

Entre os quatro principais clubes do estado – Palmeiras, São Paulo, Santos e Corinthians – já são 33 casos confirmados somente nos elencos profissionais que se reapresentaram para início da pré-temporada. Destes, Palmeiras e São Paulo são os que tem mais: 12 e 11 casos cada, respectivamente. O Santos confirmou sete positivos, enquanto o Corinthians três.

No último ano, em meio a disputa da competição, Doria anunciou uma série de medidas restritivas em vários setores da sociedade, na chamada fase emergencial SP. O futebol ficou parado no período. Com proibição de realizar partidas dentro do território paulista, clubes chegaram a disputar partidas da competição no Rio de Janeiro.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade