CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Deyverson revela diálogo com Pitana após simular agressão do árbitro

Herói do Palmeiras na Libertadores, atacante foi ao chão e protagonizou lance infame ao receber toque do juiz nas costas nos minutos finais da decisão

Por Da Redação Atualizado em 3 dez 2021, 10h36 - Publicado em 2 dez 2021, 14h39

Herói da mais recente conquista do Palmeiras na Libertadores, no último sábado, 27, diante do Flamengo, o atacante Deyverson revelou detalhes de como foi o diálogo com o árbitro argentino Néstor Pitana após o lance infame em que simulou uma agressão do juiz já nos minutos finais da partida em Montevidéu. Em entrevista ao programa Flow Sport Club, ele contou ter arrancado sorrisos de Pitana ao dizer que lhe daria cartão amarelo.

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“Eu mesmo depois passei mal de rir. Ele me deu primeiro um tapa e depois um soco, eu achava que era Arão ou o Matheuzinho e pensei: ‘vai que o VAR pega e ganhamos um vermelhinho? Já respira’. Vou valorizar aqui, quando fui ver, ele [Néstor Pitana] veio até mim e perguntou: “Porque tu caiu?”, disse o jogador.

“Falei: ‘Você não viu o cara me agredindo?’. E ele me respondeu: ‘Não foi o cara, não, fui eu’. Eu falei: ‘Vou te dar um amarelo, então’. Ele depois deu risada disse que era pra eu levantar que faltava só um minuto. O cara me dá uma porrada e não quer tomar um cartão? É um juiz muito qualificado”, completou.

O jogador disse ainda não ter em nenhum momento imaginado ser Pitana o responsável por tocar em suas costas. Segundos antes do ocorrido, ele havia prendido bola próximo a linha de fundo e se estranhado com os flamenguistas.

Continua após a publicidade

“Eu não tinha visto o juiz, não tinha visto mesmo. De coração”, minimizou ao ser questionado sobre o assunto. Ele ainda criticou uma espécie de perseguição ao seu estilo provocador:

“Jogador argentino é catimbeiro, quando faz ninguém fala nada. Falam: ‘ah, caiu’. O Deyverson fez, f… é presepeiro, se joga. Futebol hoje em dia está muito mimimi, muita palhaçadinha. Não pode fazer nada”.

Deyverson fez, nesta temporada, 31 partidas pelo Palmeiras e marcou cinco gols, o último deles o mais importante em sua passagem pelo clube. Ele retornou após empréstimos ao Getafe e ao Alavés, da Espanha, bancado pelo técnico português Abel Ferreira.

Deyverson celebra seu gol contra o Flamengo na final da Libertadores -
Deyverson celebra seu gol contra o Flamengo na final da Libertadores – Ernesto Ryan/Getty Images

Contratado em 2017 por 19 milhões de reais, ele tem contrato somente até junho de 2022 e permanência incerta a longo período no clube. Em entrevista ao ge.com, o empresário dele, o português Filipe Dias, disse que ainda não há pressa para um novo acordo entre as partes.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês