CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Cristiano concorda com manifestação de ‘roubo’ para Bola de Ouro de Messi

Craque português comentou em publicação de desabafo de um fã contra Lionel Messi nas redes sociais; ex-goleiro Iker Casillas também criticou a premiação

Por Da Redação Atualizado em 1 dez 2021, 11h28 - Publicado em 1 dez 2021, 08h46

Vencedor de cinco edições da Bola de Ouro, o atacante português Cristiano Ronaldo protagonizou nova polêmica em torno da tradicional premiação, entregue pela revista francesa France Football e vencida pelo argentino Lionel Messi na última segunda-feira, 29. O jogador concordou com a manifestação de um fã nas redes sociais que chamou o prêmio de “roubo”.

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

O comentário foi publicado na noite de terça-feira, em resposta a um texto publicado pela página “cr7.o_lendário”, que é seguida pelo camisa 7 do Manchester United. Após a repercussão, o português apagou o posicionamento.

Cristiano concorda com análise feita por fã - Reprodução/Instagram
Cristiano concorda com análise feita por fã – Reprodução/Instagram

A publicação exalta os diversos feitos de Cristiano Ronaldo na última temporada, ainda como jogador da Juventus, e critica a sexta colocação a ele atribuída pelo colegiado que votou. Entre os feitos pessoais são destacados: a artilharia da última Eurocopa, a artilharia da última edição do Campeonato Italiano, o fato de ter se tornado o maior artilheiro da história de todas as seleções e muitos outros.

Messi, por sua vez, é lembrado como vencedor de uma Copa do Rei, Copa América: “roubo. Sujeira. Vergonha. Simplesmente lamentável”, explicam os responsáveis pela página. Ronaldo escreveu a palavra “fatos”, concordando com o conteúdo.

Ver essa foto no Instagram

 

Continua após a publicidade

Uma publicação compartilhada por Cristiano Ronaldo – O Lendário (@cr7.o_lendario)

A vitória de Messi também foi contestada nas redes sociais por um ex-companheiro de Cristiano Ronaldo, o ex-goleiro espanhol Iker Casillas. “Cada vez me custa mais acreditar nestes prémios de futebol. Para mim, Messi é um dos cinco melhores jogadores de toda a história, mas há que começar a saber quem são os melhores jogadores após uma época”, começou por dizer o espanhol. Não é assim tão difícil, bolas! As pessoas é que o tornam difícil”, escreveu Casillas.

Dias antes, Cristiano utilizou as redes sociais para rebater a fala do editor-chefe da revista, Pascal Ferré. O jornalista havia revelado que o jogador uma ambição pessoal do jogador: a de ultrapassar o argentino Lionel Messi, do Paris Saint-Germain, dono agora de sete premiações.

“Pascal Ferré mentiu, usou o meu nome para se promover e para promover a publicação para a qual trabalha”, afirmou CR7, que ainda acusou o profissional de mentir novamente ao dizer que sua ausência seria justificada por uma quarentena.

“Desejo sempre os parabéns a quem ganha, dentro do desportivismo e fair-play que norteiam a minha carreira desde o início, e faço-o porque nunca estou contra ninguém. Ganho sempre por mim e pelos clubes que represento, ganho para mim e para aqueles que me querem bem. Não ganho contra ninguém”.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade