ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Copa do Nordeste volta no fim de julho; Salvador será a sede única

Governador da Bahia e prefeito da capital liberam a realização do torneio regional em quatro estádios da cidade. Final será no dia 4 de agosto

Por Alexandre Senechal Atualizado em 23 set 2021, 21h47 - Publicado em 7 jul 2020, 21h37

A Copa do Nordeste já tem data para recomeçar. Uma reunião entre os clubes nesta terça-feira, 7, definiu que a bola volta a rolar para a competição regional mais importante do país ainda neste mês, no dia 21 de julho. O restante do torneio acontecerá no intervalo de duas semanas, com a final marcada para o dia 4 de agosto, e terá uma sede única: a cidade de Salvador, na Bahia.

Os sete jogos da última rodada da primeira fase – a oitava partida seria entre Freipaulistano e Imperatriz, mas não irá acontecer pois as duas equipes já estão eliminadas e decidiram não realizar o confronto –, as partidas de quartas de final e semifinal, e os dois duelos da decisão devem ser realizados em quatro estádios.

Os palcos serão o Barradão, o Estádio Roberto Santos (o Pituaçu), o Estádio de Praia do Forte (no munícipio de Mata de São João, na região metropolitana da capital) e a Arena Fonte Nova – há uma indecisão sobre o palco da Copa do Mundo de 2014, porém, pois ele abriga um hospital de campanha atualmente.

O formato da charmosa “Lampions League” seguirá o modelo adotado pela “irmã mais famosa”, a Champions. Os clubes ficarão concentrados na cidade sede escolhida – no caso da Liga dos Campeões, os jogos finais serão em Lisboa, Portugal –, terão duas semanas para encerrar o calendário, as partidas serão com os portões fechados e as delegações deverão passar por um severo protocolo de saúde para evitar a infecção e o contágio do coronavírus.

O acordo foi possível após a aprovação do governador do Estado Rui Costa (PT) e do prefeito da capital soteropolitana Antônio Carlos de Peixoto Magalhães Neto (DEM) para realizar as partidas que faltam na cidade. Salvador ganhou a concorrência contra Fortaleza e Recife graças ao apoio do poder público. O menor número de casos da Covid-19 também pesou a favor dos baianos.

Assista outros campeonatos na DAZN! O primeiro mês é grátis.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade