CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Copa do Catar tem 1,2 milhão de ingressos reservados em 24h

Brasil está entre os países com mais solicitações de reserva; entradas para a primeira partida partem de 1.700 reais

Por da redação Atualizado em 20 jan 2022, 17h00 - Publicado em 20 jan 2022, 16h59

A Fifa abriu a primeira fase da venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, na última quarta-feira 19, e, em 24 horas, teve mais de 1,2 milhão de entradas solicitadas. A maior demanda veio de torcedores do Catar, seguidos por Argentina, México, EUA, Emirados Árabes Unidos, Inglaterra, Índia, Arábia Saudita, Brasil e França, informou a entidade nesta quinta-feira, 20. 

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Mais de 140.000 ingressos foram solicitados para a final que acontecerá em 18 de dezembro no Lusail Stadium e mais de 80.000 para a partida de abertura, marcada para 21 de novembro. Os tíquetes podem ser solicitadas no site indicado pela entidade.

A primeira fase da venda de ingressos vai até 8 de fevereiro e não haverá diferença entre o momento dos pedidos. De acordo com a entidade, todos os ingressos serão reservados, buscando atender o maior número de pessoas.

Continua após a publicidade

Em caso de mais entradas solicitadas do que capacidade dos estádios, sorteios definirão uma lista de prioridade de compra. A resposta quanto à aprovação acontecerá até dia 8 de março, quando o comprador será notificado de seus prazos de pagamento.

Seguindo o protocolo dos três últimos mundiais, os residentes do país-sede terão acesso a uma categoria de preço especial. Para este Mundial, moradores do Catar poderão adquirir ingressos a partir de 40 riais (moeda do país), algo em torno de 60 reais brasileiros. Para o restante do público, uma entrada para a abertura gira a partir de 1.700 reais e para a final, 3.300 reais.

Até o momento, o Catar registrou 630 mortes e 307.056 casos de Covid-19 desde o início da pandemia. Além disso, 78,3% da população local já está vacinada. As informações são do monitoramento realizado pela Universidade Johns Hopkins.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês