CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Atlético-MG bate Athletico novamente e fatura o bi da Copa do Brasil

Veja como foi o jogo entre Athletico-PR x Atlético-MG - Copa do Brasil realizada em 15/12/2021

O Atlético Mineiro é o rei do futebol brasileiro em 2021. Duas semanas depois de encerrar um jejum de 50 anos ao conquistar o Campeonato Brasileiro, o Galo bateu o Athletico Paranaense por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, 15, na Arena da Baixada em Curitiba, e conquistou seu segundo título da Copa do Brasil. Keno e Hulk, que já haviam brilhado na goleada da partida de ida por 4 a 0, no Mineirão, marcaram os gols que selaram a nova façanha. Campeão mineiro no primeiro semestre, o Atlético alcançou, assim, uma Tríplice Coroa na temporada.

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Apesar do título já encaminhado, o jogo foi repleto de tensão, antes mesmo de a bola rolar. O ônibus que levava a delegação do Galo teve vidros quebrados por pedras atiradas por rivais. Em campo, também houve bate-boca entre os atletas e copos plásticos atirados contra os atletas do time mineiro.

Aos 19 minutos, o Athletico até chegou ao gol que poderia lhe dar alguma esperança, quando Leo Cittadini cruzou na segunda trave, Pedro Rocha se enrolou no domínio, mas mandou para as redes. O árbitro de vídeo (VAR), em uma decisão controversa, no entanto, assinalou toque de mão do atacante e anulou o tento.

O Atlético praticamente fechou o confronto aos 25 minutos, quando Marcinho errou um corte de cabeça no meio-campo e, no contra-ataque, Eduardo Vargas lançou Matías Zaracho, que passou para Keno empurrar para as redes do goleiro Santos.

Hulk e Keno marcaram os gols da conquista do Atlético Mineiro em Curitiba
Hulk e Keno marcaram os gols da conquista do Atlético Mineiro em Curitiba Heuler Andrey/AFP

Aos 11 da segunda etapa, o Athletico teve mais um gol anulado, desta vez por impedimento de Vinícius Mingotti, que foi lançado costas da defesa e acertou um bonito chute rasteiro. O Furacão pressionou, mas parou em boas defesas de Everson, e aos 30 do segundo tempo, Hulk ampliou ao receber lindo passe de Savarino e superar Santos com um toque por cobertura de extrema categoria.

Aos 42, Jaderson completou cruzamento de Abner e fez o gol de honra do Athletico, fechando o confronto em 6 a 1 no placar agregado. Apesar da derrota, a torcida do Athletico que lotou a Arena da Baixada aplaudiu a equipe, que semanas atrás conquistou o bicampeonato da Copa Sul-Americana no Uruguai.

Com o título, o Atlético igualou o Cruzeiro de 2003, até então único time da história a vencer o Brasileirão e a Copa do Brasil em um mesmo ano, e embolsou o prêmio de 56 milhões de reais. Por ter dominado as duas competições nacionais, o Galo fez com que o Flaamengo, vice-campeão do Campeonato Brasileiro, herdasse uma vaga na próxima Supercopa do Brasil, que será disputada em 20 de fevereiro, ainda sem local definido.

Narração Minuto a Minuto

    Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

    MELHOR
    OFERTA

    Digital no App

    a partir de R$ 9,90/mês

    Impressa + Digital no App

    a partir de R$ 12,90/mês