ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Copa do Brasil tem invasão nordestina nas oitavas

Ao menos cinco equipes da região já tem vaga garantida; CRB e Juazeirense desbancaram gigantes do país

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 19h26 - Publicado em 10 jun 2021, 10h26

A evolução do futebol nordestino é evidente, basta olhar o número de seus representas nas Séries A (quatro) e B (seis) do Brasileirão, e ficou ainda mais clara na atual edição da Copa do Brasil. Na última quarta-feira, 9, o CRB, de Alagoas, e o Juazeirense, da Bahia, desbancaram dois dos maiores campeões do país, Palmeiras e Cruzeiro. Com isso, a região nordeste conseguiu assegurar cinco das 16 vagas nas oitavas de final da competição, um número expressivo e que ainda pode aumentar.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Em uma semana com debates acalorados sobre o futebol nordestino, os clubes mostraram sua força em campo. Em um só dia, com destaque do meio-campista Marcos Antônio e do atacante Alan Pedro, o potiguar ABC (time da Série D), aplicou 3 a 0 na Chapecoense (clube da Série A) e conquistou a vaga, virando o confronto. Horas depois, o Bahia, com gol do artilheiro Gilberto, cravou seu lugar, batendo o Vila Nova. Porém, as mais surpreendentes da noite aconteceram em jogos para testar coração, com direito à disputa de pênaltis.

O alagoano CRB perdeu a primeira partida do confronto pro vitorioso Palmeiras, atual campeão do torneio. Porém, jogando em São Paulo, foi buscar o resultado e com partida sublime do miolo de zaga, levou a partida para as penalidades. Assim, foi a hora de Diogo Silva brilhar. O goleiro do Galo da Praia defendeu três cobranças, marcou o seu e virou destaque da classificação histórica.

Jogadores do Juazeirense celebram vitória cont
Jogadores do Juazeirense celebram vitória contra o Cruzeiro Juazeirense/Divulgação

Do mesmo modo que o CRB, o Juazeirense correu atrás do resultado e desbancou outro gigante, este em péssima fase, o Cruzeiro. Atuando em Juazeiro, o clube baiano dominou a partida e aos 41 do segundo tempo, conseguiu, com Thauan, o gol que empatou o confronto. O final de jogo foi emocionante, mas, nas penalidades, brilhou a estrela do goleiro de 39 anos Rodrigo Calaça. O resultado derrubou o técnico Felipe Conceição do Cruzeiro, que agoniza em seu segundo ano seguido na Série B.

Com isso, a certeza é que Nordeste terá cinco representantes na próxima fase da Copa do Brasil: os quatro já classificados e o vencedor da disputa entre Ceará e Fortaleza. Além disso, o Vitória da Bahia enfrenta o Internacional nesta quinta-feira, 10, e pode buscar vaga, apesar de ter perdido em casa o jogo de ida por 1 a 0. A última vez que a região nordeste foi representada por cinco clubes nas oitavas de final da Copa do Brasil foi em 2009, quando Icasa (CE), Vitória (BA), CSA (AL), Fortaleza (CE) e Náutico (PE) marcaram presença.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade