Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Com golaços e torcida no Mineirão, Atlético bate River e chega à semi

Zaracho, duas vezes, e Hulk, marcaram os gols da equipe mineira, que enfrentará o Palmeiras na semifinal da Libertadores

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 17h34 - Publicado em 18 ago 2021, 23h28

O Atlético Mineiro se garantiu na semifinal da Copa Libertadores 2021 em grande estilo, ao bater com propriedade o River Plate, da Argentina, por 3 a 0, em Belo Horizonte, na noite desta quarta-feira, 18. Hulk e o argentino Matías Zaracho, duas vezes, marcaram os gols no jogo que marcou o retorno da torcida atleticana ao Mineirão desde o início da pandemia do novo coronavírus. Na ida, em Buenos Aires, o Galo já havia vencido por 1 a 0.

Na semifinal, o clube mineiro enfrentará o atual campeão Palmeiras, que um dia antes eliminou o São Paulo. Na outra chave, o Flamengo aguarda o vencedor de Fluminense e Barcelona de Guayaquil, que jogam na quinta-feira 19. Se o Fluminense avançar, será a primeira vez que a Libertadores terá uma semifinal formada por quatro clubes do mesmo país.

Cerca de 30% da capacidade do estádio foi liberada e boa parte dos cerca de 16.000 torcedores, que tiveram de apresentar teste negativo de Covid-19 para entrar no Mineirão, não respeitou as recomendações sanitárias e se aglomerou atrás dos gols. Logo que a bola rolou, o Atlético se mostrou disposto a brindar sua massa com uma atuação de gala.

Jogadores do Atlético-MG comemoram gol contra o River Plate, pela Libertadores - 18/08/2021
Jogadores do Atlético-MG comemoram gol contra o River Plate, pela Libertadores Pedro Souza/Atlético-MG/Divulgação

O primeiro gol saiu aos 21 minutos, quando Hulk pedalou pela direita e cruzou para Zaracho acertar um espetacular voleio, sem chances para Franco Armani. Aos 33, Hulk praticamente selou a classificação ao receber em profundidade de Savarino e vencer o goleiro argentino com um belíssimo toque por cobertura. O experiente atacante com passagem pela seleção brasileira chegou a sete gols e três assistências em dez jogos na Libertadores.

Na segunda etapa, aos 15 minutos, pouco depois de desperdiçar chance claríssima, Zaracho se redimiu e completou de cabeça mais um passe de Savarino. Entre os milhares de torcedores nas arquibancadas, estava Diego Costa, atacante brasileiro naturalizado espanhol, com longa e vitoriosa carreira na Europa, último dos vários reforços de peso da equipe. Ele poderá ser inscrito nas semifinais.

Esta é a primeira vez em 11 anos que a Libertadores não terá uma equipe argentina na semifinal.

Torcida do Atlético Mineiro aglomerada diante do River Plate
Torcida do Atlético Mineiro aglomerada diante do River Plate Yuri Edmundo/Getty Images
Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade