Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

CBF anuncia ajuda financeira a árbitros durante quarentena

Os juízes terão adiantamento e receberão aulas online para manter conhecimento e condicionamento físico

Por Danilo Monteiro Atualizado em 23 set 2021, 22h29 - Publicado em 1 abr 2020, 21h01

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta quarta-feira 1º que dará auxílio financeiro aos árbitros e assistentes do quadro nacional, antecipando taxas de arbitragem equivalentes a cerca de 900.000 reais. O futebol brasileiro está paralisado por causa da pandemia mundial de coronavírus, deixando os juízes temporariamente sem trabalho.

De acordo com Salmo Valentim, presidente da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (ANAF), os juízes com a insígnia da Fifa receberão 6.000 reais, enquanto os árbitros que apitam a Série A e Série B do Campeonato Brasileiro ganharão 3.000 reais. Os responsáveis por jogos das séries C e D receberão 1.500 reais.

Além da ajuda financeira, a CBF planeja conceder apoio para a especialização dos juízes do quadro nacional, por meio de aulas teóricas por videoconferência, seguidas de testes para aperfeiçoamento em análises de jogadas por vídeo. “Lances de jogo, aspectos do VAR e mudanças recentes das regras são enviados pelos instrutores às equipes de arbitragem para análise e comentários, utilizando as plataformas de forma colaborativa”, informou a entidade, em nota.

A manutenção do condicionamento físico, assim como para jogadores, será um desafio para os árbitros durante a quarentena. Por essa razão, a confederação promete disponibilizar aulas com exercícios adaptados para fazer em casa, além de dicas para fortalecer a imunidade dos profissionais da arbitragem.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade