CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Campeão, Carille dá resposta a ‘burros’ que o criticaram

Treinador ficou magoado ao ver um vídeo do começo do ano em que falavam que ele duraria apenas três jogos

Por Gazeta Press Atualizado em 20 out 2021, 18h33 - Publicado em 16 nov 2017, 11h32

O técnico Fábio Carille respondeu às críticas que recebeu no começo do ano, quando foi confirmado técnico do Corinthians para a temporada. Logo após a conquista do título brasileiro, ainda em meio a comemorações, reclamou: “Eu vi com uma naturalidade muito grande os questionamentos, a desconfiança. Diziam que o Fábio não entende de futebol. Recebi um vídeo hoje dizendo que eu ia durar três jogos. Eu vou encontrar esse cara ainda para falar com ele. Um desrespeito enorme, te pregam na parede e começam a jogar pedra”, comentou, antes de ser mais incisivo nas reclamações.

“E são burros. Nem esperaram começar o ano. Como a maioria não acreditava, a gente acreditou em trabalho. Foi uma faculdade, vivendo todos os momentos, conquistando campeonatos”, avaliou, repetindo aquilo que ele considera o motivo para o ano de sucesso. “O grande mérito da comissão foi definir uma forma de jogar o quanto antes. E repetir muitas vezes. Chegamos contra o São Bento com seis treinos de bola parada ofensiva e defensiva. O grande mérito foi padronizar”, relembrou o comandante, que comentou sobre os colegas de profissão.

” Recebo ligações, mensagens e parabenizando. Mas quando perdemos para a Ponte Preta, o Eduardo (Baptista) falou que a gente não merecia o resultado. Renato falou muita coisa de despencar, mas, nas vezes em que eu o encontrei, me deu bastante atenção”.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade