CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Brilho no profissional e na base: como estão os destaques da Copinha 2022

Destaques do torneio de futebol júnior seguem como promessas e alguns passaram a se destacar nas equipes principais

Por Da redação Atualizado em 9 jun 2022, 17h06 - Publicado em 10 jun 2022, 04h00

A Copa São Paulo de Futebol Júnior 2022 terminou no dia 25 de janeiro, quando o Palmeiras goleou o Santos por 4 a 0 na final. Tradicional na revelação de grandes jogadores, o torneio deste ano contou com o brilho de jovens que já começam a despontar como promessas, tanto na base como no profissional. Veja como estão os destaques da última Copinha:

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Endrick – Palmeiras

Endrick: precoce e letal durante toda a Copinha -
Endrick: precoce e letal durante toda a Copinha – Fabio Menotti/Palmeiras/Divulgação

Craque da Copinha, o garoto ainda está longe da maioridade. Até por isso, apesar de ter apalavrado contrato profissional com o Palmeiras, só pode assinar o vínculo dia 21 de julho, quando completa 16 anos.

Ainda atleta da base, entrou em campo cinco vezes com a camisa palmeirense após a Copa São Paulo. Em dois jogos do Paulista sub-20, balançou a rede duas vezes, e marcou quatro gols em três partidas da Copa do Brasil sub-17. Pela seleção brasileira de sua categoria, venceu o Torneio de Montaigu e foi eleito o melhor jogador da competição.

Lucas Pires – Santos

Lucas Pires assumiu a titularidade no Santos profissional -
Lucas Pires assumiu a titularidade no Santos profissional – Divulgação/Instagram

Atleta do Corinthians até o ano passado, Lucas Pires recebeu a oportunidade de finalizar sua formação no Santos. Destaque no vice-campeonato da Copinha, o lateral-esquerdo já assumiu a titularidade da equipe profissional.

Aos 21 anos, o defensor vestiu a camisa do Peixe principal 29 vezes e realizou cinco assistências. Lucas renovou contrato com o Santos até maio de 2026 e conta com multa rescisória de 30 milhões de euros, cerca de 153 milhões de reais.

Figueiredo – Vasco

Figueiredo foi nome badalado na base do Vasco -
Figueiredo foi nome badalado na base do Vasco – Rafael Ribeiro/Vasco da Gama/Divulgação

Figueiredo encerrou a Copa São Paulo de Futebol Júnior como artilheiro, com oito gols. Já utilizado anteriormente no profissional do Vasco, o atacante se consolidou nos últimos jogos e já participou diretamente de quatro gols na Série B.

O atacante caiu nas graças da torcida e começou a justificar os bons números durante as categorias sub-17 e 20. Figueiredo tem contrato com o Vasco até dezembro de 2025.

Caio Matheus – São Paulo

Caio Matheus já marcou como profissional pelo São Paulo -
Caio Matheus já marcou como profissional pelo São Paulo – Divulgação/Instagram
Continua após a publicidade

Franzino, veloz e driblador, o atacante Caio brilhou pelo São Paulo até as semifinais da Copinha. Ainda aos 18 anos, conseguiu chances no time profissional e não decepcionou. Em uma das duas partidas, marcou o seu primeiro gol, contra o Ayacucho, pela Sul-Americana.

As boas partidas renderam ao garoto a convocação para a seleção brasileira sub-20, onde também balançou as redes. A diretoria do São Paulo busca renovação de contrato com o jovem.

Estevão – Internacional

Estevão, 20 anos, é um dos bons nomes do Internacional -
Estevão, 20 anos, é um dos bons nomes do Internacional – Internacional/Divulgação

Depois de se destacar no torneio de base, Estevão foi promovido ao profissional. O atacante acumulou 48 minutos pela equipe principal do Internacional e, ainda assim, já balançou as redes, contra o 9 de Outubro, pela Sul-Americanaz

Aos 20 anos, renovou contrato até junho de 2026, com multa rescisória de 60 milhões de euros (311 milhões de reais). De acordo com a imprensa gaúcha, Lazio, Benfica e Ajax buscavam o atleta antes da renovação.

Giovani – Palmeiras

Giovani já atuou pelos profissionais do Palmeiras -
Giovani já atuou pelos profissionais do Palmeiras – Fabio Menotti/SE Palmeiras/Divulgação

Outra estrela palmeirense na Copa São Paulo, Giovani tem 18 anos e recebeu chances no profissional logo após vencer a competição de base. O atacante, no entanto, foi submetido a uma cirurgia no tornozelo direito, em maio.

Desde então, o atleta passa por recuperação, e a ideia do Palmeiras é ter calma. O contrato do jogador é válido até 2026 e ele já recebe sondagens de times da Europa.

Rwan – Santos

Camisa 10, Rwan tem chamado atenção pelo Santos -
Camisa 10, Rwan tem chamado atenção pelo Santos – Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC/Divulgação

Centroavante que brilhou pelo Santos Sub-20 no início do ano, Rwan segue mostrando faro das redes, agora como profissional. Em 409 minutos jogados pelo time principal, o jovem balançou a rede três vezes. Valorizado internamente, enfrenta a forte concorrência de Marcos Leonardo na posição.

De contrato válido até o fim de 2024, o atacante foi comprado pelo Santos junto ao Flamengo de Guarulhos, por 700 mil reais. Assim, além de ser esperança de gols, ainda pode significar uma boa venda futura para o time do litoral paulista.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês