CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Fim do jejum: Atlético vence Bahia de virada e é campeão brasileiro após 50 anos

Hulk, de pênalti, e Keno (duas vezes) marcaram os gols do título alvinegro em jogo dramático em Salvador

Uma espetacular virada colocou fim a 50 anos de espera. O Atlético Mineiro conquistou seu segundo título do Campeonato Brasileiro ao bater o Bahia por 3 a 2, na Fonte Nova, em Salvador, na noite desta quinta-feira, 2. Hulk, de pênalti, e Keno, com dois belos gols, garantiram a festa alvinegra.

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Com o resultado, o Galo chegou a 81 pontos e, a duas rodadas do fim, já não pode mais ser alcançado pelo vice-líder Flamengo, que tem 70. O Bahia, por sua vez, vive situação dramática: com 40 pontos, ocupa a 17ª colocação, na zona de rebaixamento.

O jogo tinha todos os ingredientes de uma decisão, incluindo o estádio cheio, com quase 30.000 torcedores. Mesmo empurrado pela torcida e em situação dramática, o Bahia criou pouco na etapa inicial. O Atlético teve as melhores chances, mas os chutes de Keno e Nacho Fernández pararam em boas defesas de Danilo Fernandes. Se o primeiro tempo foi apático, o complemento foi um espetáculo de belos gols e ofensividade.

Logo no início, o argentino Zaracho esticou passe para Hulk, que girou bonito em cima da marcação e bateu firme, mas a bola parou na trave. Veio então o grande momento do Bahia, que abriu o placar aos 17 minutos, em bela cabeçada de Luiz Otávio. O segundo veio três minutos depois com o artilheiro Gilberto, que se antecipou a Nathan Silva e tocou por baixo para enlouquecer a Fonte Nova. O resultado tirava o Bahia do Z4 e empurrava o Athletico Paranaense para seu lugar.

No entanto, a reação do Galo foi rápida, em pênalti sofrido por Eduardo Sasha, e convertido por Hulk, artilheiro do Brasileirão com 18 gols. O time melhorou com a entrada de Nathan. Apareceu, então, o herói da noite. Keno, em duas belas finalizações, virou a partida aos 29 e aos 33 minutos. Foi o apogeu de uma campanha irretocável da equipe dirigida por Cuca. O Galo é bicampeão do Brasileirão.

Keno marcou os gols do título do Atlético Mineiro
Keno marcou os gols do título do Atlético Mineiro Buda Mendes/Getty Images

 

Narração Minuto a Minuto

    Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

    MELHOR
    OFERTA

    Digital no App

    a partir de R$ 9,90/mês

    Impressa + Digital no App

    a partir de R$ 12,90/mês