ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Inter só empata e desperdiça chance de encerrar jejum de 41 anos

Com o tropeço do Flamengo, o Colorado dependia apenas de uma vitória simples para conquistar o Brasileirão, mas ficou no 0 a 0 no Beira-Rio

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 20h23 - Publicado em 25 fev 2021, 23h38

O Internacional entrou na última rodada do Campeonato Brasileiro com dois pontos a menos que o Flamengo e dependendo de uma combinação de resultados para ficar com o título. O São Paulo fez a parte dele e venceu os cariocas, no Morumbi, por 2 a 1. Já o Colorado não teve a mesma sorte. Ficou no 0 a 0 contra o Corinthians, no Beira-Rio, e acabou o torneio como vice-campeão, apenas um ponto atrás do clube rubro-negro, o campeão brasileiro de 2020.

Um lance decisivo poderia ter mudado a história do campeonato. Aos 30 minutos do primeiro tempo, o corintiano Roni perdeu uma bola no meio-campo e o Inter armou o contra-ataque. Moisés cruzou rasteiro e a bola pegou no braço aberto de Ramiro. Pênalti que o árbitro Wilton Pereira Sampaio marcou com convicção. Mas com ajuda do árbitro de vídeo voltou atrás – após quase cinco minutos de paralisação.

O Inter também reclama de outro lance, já nos momentos finais da partida. O árbitro marcou falta de Abel Hernández no goleiro Cássio após um cruzamento na área do Corinthians. Na sobra, o Colorado marcou o gol. Como Wilton Pereira Sampaio apitou antes da conclusão da jogada, o VAR não pôde interferir e o lance foi anulado.

Com a bola rolando, o Internacional também teve suas chances para vencer e ficar com o título. Principalmente na segunda etapa. Edenilson perdeu chance clara logo aos quatro minutos. O meia colorado cabeceou em cima de Cássio. No rebote, Yuri Alberto ainda conseguiu desviar e a bola acertou a trave. Caio Vidal também acertou o poste 14 minutos mais tarde, em chute de fora da área – Cássio, novamente, foi decisivo e chegou a encostar na bola.

Nos últimos minutos, o Inter ensaiou uma pressão. Aos 37 minutos, o jovem Peglow cobrou escanteio fechado e Lucas Ribeiro subiu mais alto que a zaga do Corinthians para cabecear. A bola passou muito perto da trave de Cássio. Já nos acréscimos, Edenilson até chegou a balançar as redes, mas o lance foi anulado por impedimento. Na última bola, quase aos 55 do segundo tempo, Lucas Ribeiro teve a última chance. A finalização passou por cima do gol.

UOL Esporte Clube | Assine e acompanhe transmissões de grandes jogos e programas esportivos de onde você estiver.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade