CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Brasil venceu 8 vezes o prêmio da Fifa; relembre todos os ganhadores

Sem nenhum indicado às premiações do The Best 2021, país não vence o troféu principal desde Kaká em 2007

Por Da redação Atualizado em 17 jan 2022, 09h57 - Publicado em 17 jan 2022, 09h56

O Fifa The Best 2021, prêmio dado pela Fifa ao melhor jogador da temporada, será entregue em uma cerimônia nesta segunda-feira, 17, a partir das 15h (de Brasília), em Zurique, na Suíça, com Lionel MessiRobert Lewandowski e Mohamed Salah concorrendo ao prêmio principal. O Brasil não tem nenhum representante entre os finalistas de qualquer categoria deste ano e não vence o prêmio de melhor do mundo desde 2007. Ainda assim, o país segue no topo da premiação por países, com oito troféus divididos entre cinco atletas: Romário, Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho e Kaká. 

PLACAR acompanhará o Fifa The Best 2021, minuto a minuto, a partir das 13h30. A transmissão ao vivo, com imagens, será feita no canal da Fifa no Youtube e também no canal a cabo SporTV.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Criado em 1991, o prêmio da Fifa já teve três nomenclaturas diferentes. Da inauguração até 2009, foi chamado de Jogador do Ano. Entre 2010 e 2015, se uniu ao Bola de Ouro, organizado desde 1956 pela revista France Football, e ganhou o nome de Fifa Ballon D’Or. A partir de 2016, passou a ser chamado de Fifa The Best.

O primeiro representante brasileiro a erguer o troféu da Fifa foi Romário, em 1994. Em 1997, o país viveu um grande momento com a dobradinha de Ronaldo, o melhor do mundo, e Roberto Carlos, o segundo, com Pelé entregando o troféu. Lionel Messi é o maior vencedor, com seis troféus, e pode chegar ao hepta nesta tarde. Ainda assim, a Argentina terá um troféu a menos que o Brasil, pois apenas o craque do PSG conquistou a honraria pelo país vizinho. Portugal, com cinco de Cristiano Ronaldo e um de Luís Figo, tem seis.

Todos os vencedores dos prêmio da Fifa:

1991 – Lothar Matthäus (Alemanha)
1992 – Marco Van Basten (Alemanha)
1993 – Roberto Baggio (Itália)
1994 – Romário (Brasil)
1995 – George Weah (Libéria)
1996 – Ronaldo (Brasil)
1997 – Ronaldo (Brasil)
1998 – Zinedine Zidane (França)
1999 – Rivaldo (Brasil)
2000 – Zinedine Zidane (França)
2001 – Luís Figo (Portugal)
2002 – Ronaldo (Brasil)
2003 – Zinedine Zidane (França)
2004 – Ronaldinho Gaúcho (Brasil)
2005 – Ronaldinho Gaúcho (Brasil)
2006- Fabio Cannavaro (Itália)
2007 – Kaká (Brasil)
2008 – Cristiano Ronaldo (Portugal)
2009 – Lionel Messi (Argentina)
2010 – Lionel Messi (Argentina)
2011 – Lionel Messi (Argentina)
2012 – Lionel Messi (Argentina)
2013 – Cristiano Ronaldo (Portugal)
2014 – Cristiano Ronaldo (Portugal)
2015 Lionel Messi (Argentina)
2016 – Cristiano Ronaldo (Portugal)
2017 – Cristiano Ronaldo (Portugal)
2018 – Luka Modric (Croácia)
2019 – Lionel Messi (Argentina)
2020 – Robert Lewandowski (Polônia)

(Somando Jogador do Ano da Fifa, Fifa Ballon D’or e Fifa The Best)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês