ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Bola de Ouro de 2021 tem disputa sem favorito; compare os números

Prêmio de melhor jogador do mundo na temporada nunca esteve tão incerto e pode ser definido com os desfechos da Eurocopa e da Copa América

Por Guilherme Azevedo Atualizado em 23 set 2021, 19h03 - Publicado em 30 jun 2021, 17h00

O tradicional prêmio Bola de Ouro da revista France Football, cancelado no ano passado em razão da pandemia, será novamente entregue ao melhor jogador da temporada em dezembro e as discussões sobre os principais candidatos já começaram. Porém, diferentemente do que se tornou comum na última década, a briga em 2021 ainda não tem favoritos claros, faltando poucos jogos para acabar a temporada, época que normalmente pesa na eleição e costuma decidir o vencedor.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

A Eurocopa e a Copa América entraram em suas retas finais, e como costume ocorrer em anos de grandes competições de seleção, um bom resultado pode significar largar na frente pela Bola de Ouro. Foi o que ocorreu em 2018, quando o meia Luka Modric faturou o prêmio após guiar a seleção da Croácia à final inédita de Copa do Mundo da Rússia. Na época, Modric também era o atual vencedor da Liga dos Campeões pelo Real Madrid.

A edição de 2021 da Champions League, que terminou com um surpreendente título do Chelsea, não deve ter tanta influência no pleito como em anos anteriores. O volante francês N’Golo Kanté aparece como o principal candidato da equipe londrina na disputa, mas longe de ser um favorito, ainda mais depois da eliminação precoce da França na Euro, o que também prejudicou Kylian Mbappé.

Na última temporada, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a revista francesa não realizou a premiação. A Fifa, por sua vez, manteve o seu prêmio e coroou o atacante Robert Lewandowski. Confira, abaixo, os possíveis candidatos à Bola de Ouro e ao The Best da Fifa e compare seus números:

Robert Lewandowski

Robert Lewandowski comemorando gol marcado na partida contra a Lazio -
Robert Lewandowski comemorando gol marcado na partida contra a Lazio – Maurizio Brambatti/EFE

O atual melhor do mundo não pode ficar de fora dos cogitados. O atacante do Bayern de Munique segue dominante na Alemanha e coleciona recordes. Na temporada 2020/21, o polonês marcou 56 gols em 50 jogos, sendo 41 deles na Bundesliga. Não bastasse os tentos no Campeonato Alemão, Lewa ainda realizou sete passes para gols de companheiros e ajudou o Bayern a conquistar o título. Na Eurocopa, com a seleção polonesa, caiu na primeira fase, mas marcou três gols.

Lionel Messi

Lionel Messi comemora gol da Argentina contra o Chile no Engenhão
Lionel Messi comemora gol da Argentina contra o Chile no Engenhão Wagner Meier/Getty Images

Com seis premiações, Messi é o maior vencedor da Bola de Ouro e o último premiado. O argentino, com 34 anos, continua influente no Barcelona e, na temporada 2020/21, pelo clube catalão, marcou 38 gols e realizou 12 assistências, segundo o site SofaScore. Desse modo, participou diretamente de 41% dos gols do Barça. Por outro lado, em conquistas, a temporada de Lionel é magra, com apenas um título, a Copa do Rei. Atualmente, o camisa 10 joga a Copa América e uma eventual conquista de seu primeiro título profissional pela Argentina pode pesar. No torneio no Brasil, Messi já marcou três vezes e assistiu outras duas.

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo comemora gol contra a Hungria em Budapeste
Cristiano Ronaldo comemora gol contra a Hungria em Budapeste Bernadett Szabo/Getty Images

Falar de Bola de Ouro e não falar de Cristiano Ronaldo chega a soar de forma desrespeitosa. O craque português é, depois de Messi, o maior premiado, com cinco troféus. Para os padrões de “CR7”, sua temporada é abaixo, mas entre os candidatos, não é absurdo o atacante ser cogitado como o melhor. Pela Juventus, na temporada 2020/21, o gajo viu a hegemonia na Serie A ir embora. Porém, na Eurocopa, mesmo com a eliminação precoce de Portugal, pode terminar como artilheiro. No total da temporada, Cristiano Ronaldo jogou 59 vezes e balançou a rede 46.

Neymar

.
Neymar comemora gol contra o Peru, na vitória da seleção brasileira por 4 a 0 Lucas Figueiredo/CBF

Quando esteve em campo, com condições físicas ideais, Neymar jogou futebol digno de candidato a Bola de Ouro. É bem verdade, pelo PSG, ficou apenas com o vice-campeonato da Ligue 1 e não levou o time ao sonhado titulo da Champions League. Somando clube e seleção, na temporada, o brasileiro fez 38 jogos, com 24 gols e 14 assistências. Até então, pelo Brasil, Neymar faz boa Copa América e, caso mantenha altíssimo nível na competição e a vença, pode ser um nome forte pela premiação.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Kylian Mbappé

Mbappé marcou 2 gols no duelo de ida pela Champions League -
Mbappé marcou dois gols no duelo de ida pela Champions League – Alexander Hassenstein/Getty Images

Durante a campanha do Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões, o jovem francês era um dos principais candidatos ao prêmio. Apenas pelo time parisiense, o atacante marcou 42 gols em 47 jogos, sendo oito deles na maior competição de clubes do mundo. Evidentemente, o ‘peso Eurocopa’ é negativo para Mbappé. No torneio, a França foi eliminada nas oitavas de final e o jovem craque terminou sem marcar. Para piorar, desperdiçou o pênalti perdido que cravou a eliminação da seleção francesa contra a Suíça.

Romelu Lukaku

PROTESTO - Romelu Lukaku: o belga diz ver o preconceito no futebol em seu auge -
PROTESTO – Romelu Lukaku: o belga diz ver o preconceito no futebol em seu auge – Kirill Kudryavtsev/AFP

Desde que chegou à Inter de Milão, Lukaku elevou seu patamar como jogador. Atacante de extrema força física, capacidade de gerar jogo e finalizar, o belga pode ser considerado hoje um atacante completo. Pelo clube italiano, marcou 24 gols na Serie A e comandou o time a um título histórico, encerrando nove anos de hegemonia da Juventus. Uma das referências da Bélgica na Eurocopa, caso conquiste o título com sua seleção, chega entre os grandes favoritos para o troféu de melhor do mundo.

Kevin De Bruyne

De Bruyne comemora
Kevin De Bruyne comemora gol do Manchester City contra o Arsenal, pelo Campeonato Inglês – Manchester City/Twitter/Divulgação

Estrela do campeão inglês Manchester City, De Bruyne é quem dá o toque de genialidade ao time de Guardiola. Pela seleção belga, em poucos minutos na Eurocopa, já mostrou a importância para a equipe. O meio-campista não é artilheiro e fez 13 gols em 49 partidas na temporada. Porém, deu assistência para outros 24 tentos. Foi vice-campeão continental pelo City e, com um possível título da Euro, briga com seu compatriota Lukaku pelo prêmio.

N’Golo Kanté

Kanté ergue a taça da Liga dos Campeões
Kanté ergue a taça da Liga dos Campeões Chris Lee – Chelsea FC//Getty Images

O volante francês é o único nome longe do ataque a ser cogitado como possível vencedor da Bola de Ouro. Intenso, protetor de defesa e importante na construção, Kanté foi peça fundamental no título do Chelsea da Champions League. No torneio continental, o meio-campista defensivo cometeu apenas 10 faltas em 13 jogos. Além disso, realizou, em média, 2.7 ações defensivas por partida. Mesmo com o vigor defensivo, manteve 86% de média no acerto de passes.

Karim Benzema

Benzema comemora gol pela Fran
Karim Benzema foi destaque da França na Euro Franck Fife/Getty Images

O atacante francês é nome da lista que pode soar como surpresa. Porém, Benzema faz por merecer a indicação há anos. Referência técnica do Real Madrid, termina a temporada sem nenhum título, mas bons jogos na Euro, pela França, e números pelo clube podem ser o amuleto de Karim. Na temporada, entrou em campo 52 vezes. O atacante marcou 34 gols e deu nove passes para gols, número considerado alto para jogadores da posição de Benzema. Claro, uma melhor campanha da França na Eurocopa pesaria melhor para o jogador, mas ele não pode ser descartado.

Harry Kane

Harry Kane comemora gol
Harry Kane desencantou na Euro contra a Alemanha Alex Morton/Getty Images

Correndo por fora, o inglês Harry Kane é um dos que dependem bastante do resultado da Eurocopa. No Tottenham, sua temporada foi sem grandes êxitos, mas ainda com números bons: 33 gols em 49 jogos. Principal jogador da Inglaterra na Euro, Kane tem, até o momento, apenas um gol na competição. Por outro lado, boas atuações na reta final podem elevar o nível de sua temporada.

Luis Suárez

Luis Suarez marcou o gol da vitória do Atlético de Madri
Luis Suarez marcou o gol da vitória do Atlético de Madri David S. Bustamante/Soccrates/Getty Images

Quando poucos acreditavam em uma temporada do atacante uruguaio dispensado pelo Barcelona, Suárez respondeu em campo com ótimas atuações pelo Atlético de Madri. Em La Liga, foi essencial no título colchonero, com 21 gols em 32 jogos. Luisito corre por fora para a Bola de Ouro. Porém, é o principal jogador da seleção uruguaia e um título da Copa América com seu protagonismo pode carimbar o passaporte do atacante para a premiação.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade