CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Barcelona vende Coutinho por 115 milhões de euros a menos do que pagou

Catalães compraram o brasileiro do Liverpool em 2018 por um valor que atingiu 135 milhões de euros com bônus por metas

Por Da redação 12 Maio 2022, 15h39

O Barcelona oficializou nesta quinta-feira, 12, a venda em definitivo do meia Philippe Coutinho ao Aston Villa, da Inglaterra, por 20 milhões de euros (cerca de 106 milhões de reais na cotação atual). O valor representa um grande prejuízo ao time espanhol: é 115 milhões de euros menor do que a quantia paga ao Liverpool pela contratação do brasileiro em 2018.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca

Na ocasião, o Barcelona acertou a compra de Coutinho por 120 milhões de euros fixos, mais pagamentos de bônus por metas. Com o atleta tendo atingido um número determinado de jogos pelo Barça, além de ter contribuído para duas classificações para a Liga dos Campeões, o montante total pago pelos catalães ao Liverpool subiu para 135 milhões de euros.

A negociação de Coutinho do Liverpool para o Barcelona é a terceira mais cara da história do futebol, levando em conta apenas a taxa de transferência. Perde apenas para duas contratações do Paris Saint-Germain: Neymar, que custou 222 milhões de euros para deixar o Barcelona em 2017, e Kylian Mbappé, que foi comprado do Monaco em 2018 por 180 milhões de euros.

A transferência recorde de Neymar, aliás, foi o que “inflacionou” o mercado europeu à época, gerando contratações por preços estratosféricos. O Barcelona esteve envolvido em três delas: além de Coutinho, pagou 105 milhões de euros para tirar o francês Ousmane Dembélé do Borussia Dortmund em 2017, e 120 milhões de euros para ter Antoine Griezmann, destaque do Atlético de Madri, em 2019.

Pelo Barcelona, Coutinho fez 106 jogos, com 25 gols e 14 assistências, mas nunca rendeu o que era esperado na época de sua contratação, também por conta de problemas físicos. Emprestado ao Aston Villa desde janeiro, o meia retomou a boa fase: soma quatro gols e três assistências em 16 jogos da Premier League, voltou a aparecer nas convocações da seleção brasileira e é nome forte para estar na Copa do Mundo de 2022, em novembro.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

MELHOR
OFERTA

Digital no App