ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Barcelona vence o Dínamo e ganha sobrevida por vaga na Champions

Com gol do zagueiro Gerard Piqué, clube catalão marcou e venceu pela primeira vez na atual edição da competição; situação ainda é delicada por classificação

Por Da Redação 20 out 2021, 15h35

O Barcelona pôs fim a incômodos jejuns nesta quarta-feira, 20. Pressionada, a equipe dirigida pelo técnico holandês Ronald Koeman conquistou diante do Dínamo de Kiev, no Camp Nou, a primeira vitória na atual edição da Liga dos Campeões. Até a partida, o time sequer havia balançado as redes na competição. O triunfo por 1 a 0 foi assegurado com um gol marcado pelo zagueiro espanhol Gerard Piqué, aos 36 minutos do primeiro tempo.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

O resultado põe o clube catalão na terceira colocação do grupo E, que também conta com Benfica e Bayern de Munique, que jogam a partir das 16h (de Brasília), no estádio da Luz, em Lisboa. Os portugueses somaram quatro pontos, enquanto os alemães possuem seis, com 100% de aproveitamento.

Antes do jogo, pesava contra o Barcelona o pior início em uma campanha europeia nos últimos anos. Nos anos 2000, há 21 anos, a equipe havia caído ainda na fase de grupos, mas tinha começo mais animador do que em 2021. A imprensa local mencionou os termos “pesadelo” em manchetes. O Sport citou como “obrigação” a primeira vitória na fase de grupos.

Continua após a publicidade

Aguardado na escalação inicial, o atacante espanhol Ansu Fati começou entre os reservas. A novidade foi a presença do jovem meio-campista Gavi, de apenas 17 anos. Koeman optou por levar a campo: Ter Stegen, Mingueza, Piqué, Lenglet e Alba; Busquets, Frenkie de Jong e Gavi; Dest, Luuk de Jong e Depay.

Ronald Koeman deve ganhar mais tempo no cargo com a nova vitória -
Ronald Koeman deve ganhar mais tempo no cargo com a nova vitória – Jose Breton/Pics Action/Getty Images

O time pressionou os ucranianos, criando oportunidades com Frankie e Lukk De Jong, mas só marcou aos 36. Após cobrança de escanteio a bola sobrou para Jordi Alba. O lateral esquerdo cruzou e encontrou Piqué livre. O defensor finalizou de pé direito, sem chances de defesa para o goleiro Bushchan.

No segundo tempo, Koeman colocou Fati e o meia-atacante brasileiro Philippe Coutinho, autor de um gol na vitória por 3 a 1 sobre o Valencia no fim de semana. Aos seis, o atacante espanhol desperdiçou grande oportunidade após pressionar a saída defensiva dos ucranianos.

No fim, novamente o atacante argentino Kun Aguero, recuperado recentemente de lesão, entrou para ganhar minutos, mas não conseguiu balançar as redes. A partida teve público de 45.968 pessoas. O time ainda segue em situação difícil no torneio já que terá duas das três partidas que restam fora de casa

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade