ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Barcelona pode tentar atravessar ida de Mbappé ao Real Madrid, diz TV

Presidente do clube catalão, Joan Laporta, teria dito a pessoas próximas que sonha com acordo com o francês, maior alvo do rival na reabertura do mercado

Por Da Redação Atualizado em 19 nov 2021, 09h18 - Publicado em 19 nov 2021, 09h12

O presidente do Barcelona, Joan Laporta, sonha viabilizar a contratação do atacante francês Kylian Mbappé do Paris Saint-Germain. De acordo com o jornalista espanhol Mario Torrejón, do canal Ser, o dirigente já confessou a pessoas próximas que tentará atravessar o rival Real Madrid para contratar o jogador que a partir de 1º de janeiro, a seis meses do fim do vínculo com o PSG, poderá assinar um pré-acordo com qualquer equipe.

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“O retorno de Messi forma a mesma fantasia em que Laporta diz na formação de um pequeno comitê para tirar Mbappé do Real Madrid”, declarou Torrejón, que não acredita no sucesso da operação.

“A questão é que Messi, desportivamente, saiu ontem. E já se fala em retorno? Já vimos coisas raras, mas isso é impossível”.

A menção ao ídolo argentino se dá devido a declaração de Laporta durante a coletiva de apresentação do lateral direito Daniel Alves, na quarta-feira. Questionado sobre um possível retorno do camisa 30 e de Andrés Iniesta, atualmente no Vissel Kobe, o dirigente não descartou uma operação semelhante.

Continua após a publicidade

Joan Laporta e Lionel Messi nos últimos momentos antes da despedida do Barcelona -
Joan Laporta e Lionel Messi nos últimos momentos antes da despedida do Barcelona – David Ramos/Getty Images

“É algo que aconteceu com Dani Alves. Já disse que a idade é apenas um número. Ele viu a situação (financeira do clube) e quis vir ajudar. Tenho que lhe agradecer por ter feito um esforço financeiro grande. Lionel (Messi) e Iniesta são personalidades que tornaram o clube grande. Estamos falando de dois jogadores espetaculares. Não posso prever o futuro, eles ainda estão jogando, mas são ídolos do Barça. Na vida nunca se sabe”, explicou.

Na última janela de transferências, Mbappé externou o desejo de se mudar para Madri, mas o clube da capital francesa resistiu as negociações recusando uma oferta de 180 milhões de euros (1,1 bilhão de reais).

No último dia 4 de outubro, em entrevista à rádio francesa RMC Sports, o atacante confirmou que pediu para deixar o clube, mas desmentiu a série de recusas a renovações contratuais. “As pessoas disseram que recusei seis ou sete ofertas de renovação, que não quero mais falar com Leonardo [diretor brasileiro do PSG]. Isso não é verdade. Me disseram: ‘Kylian, agora você está falando com o presidente”, disse o jogador.

“A partir do momento em que não quis renovar o meu contrato, disse ao PSG que queria sair. Queria que o PSG conseguisse uma quantia importante com a minha venda para assim conseguir encontrar um substituto de qualidade”, completou.

Ressentido com a postura do clube de não o liberar, Mbappé explicou publicamente o que o incomodou. “A minha posição sempre foi clara, informei o clube da minha intenção de sair no final de julho. Não gostei que o clube tivesse dito que só avisei que queria sair no final de agosto. Foi mentira e soou como se fosse um bandido. Disse ao PSG que queria sair no fim de julho”.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade