CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Balotelli exalta própria carreira e se diz no nível de Messi e Cristiano

Aos 31 anos, o atacante do Adana Damirspor afirmou em entrevista que o maior erro da carreira foi ter deixado o Manchester City, em 2013

Por Da redação 2 mar 2022, 17h55

O atacante italiano Mario Balotelli já viveu altos e baixos nos gramados. Atualmente jogando pelo Adana Damirspor, da Turquia, o jogador se colocou na mesma prateleira que Lionel Messi e Cristiano Ronaldo em questão de qualidade técnica. Na entrevista ao site The Athletic, o italiano analisou a própria carreira e afirmou ainda que seu maior erro foi ter deixado o Manchester City, em 2013.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“Tenho certeza que minha qualidade está no mesmo nível de Messi e Cristiano, mas deixei passar certas oportunidades, sabe? No momento, não posso dizer que sou tão bom quanto Cristiano porque ele ganhou quantas Bolas de Ouro? Cinco?”, disse o jogador que completou:

“Você não pode se comparar, ninguém pode comparar. Mas se falamos de qualidade para jogar futebol, não tenho nada a invejá-los, para ser honesto”.

Aos 31 anos, o jogador se considera mais maduro, e afirma que quando atuava pelo City – onde ficou de 2010 a 2013 – poderia ter conquistado a Bola de Ouro como melhor jogador do mundo, mas que devido à sua mentalidade na época, isso não aconteceu.

Continua após a publicidade

“Meu maior erro foi sair do City. No ano em que saí, fiz uma boa temporada e meia no Milan, mas depois tive problemas. Todos esses anos vendo eles (City) ficarem cada vez melhores… Poderia ter sido por muito tempo, como Agüero. Se eu tivesse a mentalidade que tenho agora na época do City, teria ganhado uma Bola de Ouro. Eu estou certo disso. Mas você sabe, você cresce e fica mais maduro”

O italiano, que chegou a ganhar o prêmio Golden Boy, em 2011 de melhor jogador de futebol com menos de 21 anos à época, acumula passagens, entre outros clubes, por Inter de Milão, Milan, Manchester City e Liverpool. Nos últimos anos, porém, encorpou clubes de divisões inferiores.

Em janeiro, Balotelli voltou a ser convocado por Roberto Mancini para um período de treinamento com a seleção italiana, após mais de três anos sem ser lembrado na lista da Azzura.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês