CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Atlético-PR e Botafogo elevam média do Brasil na pré-Libertadores

Corinthians segue sendo o único clube do país a ser eliminado na fase prévia da competição continental

Por da redação Atualizado em 21 out 2021, 02h03 - Publicado em 23 fev 2017, 10h47

Atlético-PR e Botafogo estão na fase de grupos da Copa Libertadores 2017. Com os clubes, o Brasil passa a ter oito equipes na fase de grupos da competição. Além disso, eles elevam a média brasileira no histórico da pré-Libertadores.

Até esta edição, 94,4% dos clubes brasileiros que jogaram a pré-Libertadores se classificaram para a fase de grupos. Apenas o Corinthians, em 2011, acabou eliminado nessa fase, para o Deportes Tolima, da Colômbia. Em outras 17 ocasiões, os clubes brasileiros avançaram. Com a classificação de Atlético-PR e Botafogo nesta quarta, o aproveitamento brasileiro subiu para 95%.

Apenas a Argentina chega perto dos brasileiros, com um aproveitamento de 87,5% até aqui. Nesta temporada, apenas um clube do país entrou nesta fase do torneio, o Atlético Tucumán, que ainda joga a eliminatória nesta quinta (23), contra o Independiente Medellín. Caso o clube argentino – famoso pela épica classificação vestindo camisas da seleção argentina – avance, o país ficará com 88,2% de aproveitamento.

Veja abaixo o desempenho dos países na fase prévia da Copa Libertadores

País Aproveitamento Classificados Eliminados
Brasil 95% de aproveitamento (20 participantes, 19 classificados) Palmeiras (2005, 2006, 2009), Goiás (2006), Santos (2007), Paraná (2007), Cruzeiro (2008, 2010), Grêmio (2011, 2013), Flamengo (2012), Internacional (2012), São Paulo (2013, 2016), Atlético-PR (2014, 2017), Botafogo (2014, 2017), Corinthians (2015) Corinthians (2011)
Argentina 87,5% de aproveitamento (16 participantes, 14 classificados) Quilmes (2005), River Plate (2006), Vélez Sarsfiled (2007), Lanús (2008, 2014), Arsenal (2008, 2012), Estudiantes (2009, 2015), Independiente (2011), Tigre (2013), Huracán (2015, 2016), Racing (2016) Colón (2010), Newell´s Old Boys (2010)
Colômbia 64,3% de aproveitamento (14 participantes, 9 classificados) América de Cali (2005), Júnior Barranquilla (2005), Santa Fe (2006, 2014, 2016), Deportes Tolima (2007, 2011, 2013), Independiente Medellín (2009) Boyacá Chicó (2008), Júnior Barranquilla (2010), Once Caldas (2012, 2015), Millonarios (2017)
Chile 57,1% de aproveitamento (14 participantes, 8 classificados) Audax Italiano (2008), Universidad de Chile (2009, 2014), Universidad Católica (2010), Unión Española (2011, 2012), Deportes Iquique (2013), Palestino (2015) Colo Colo (2005, 2006, 2017), Cobreloa (2007), Universidad de Chile (2016), Unión Española (2017)
México 41,7% de aproveitamento (12 participantes, 5 classificados) Chivas Guadalajara (2005, 2006), América (2007), Atlas (2008), Jaguares (2011) Pachuca (2009), Estudiantes Tecos (2010), Tigres (2012), León (2013), Morelia (2014, 2015), Puebla (2016)
Paraguai 35,7% de aproveitamento (14 participantes, 5 classificados) Nacional (2009), Libertad (2010, 2012), Cerro Porteño (2011), Olimpia (2013) Tacuary (2005, 2007), Nacional (2006), Cerro Porteño (2008, 2015), Guaraní (2014, 2016), Olimpia (2017), Deportivo Capiatá (2017)
Equador 33,3% de aproveitamento (15 participantes, 5 classificados) LDU Quito (2005, 2007), Deportivo Cuenca (2009), Emelec (2010), Independiente del Valle (2016) Deportivo Cuenca (2006), Olmedo (2008), El Nacional (2009, 2012, 2017), Deportivo Quito (2011, 2014), LDU Quito (2013), Independiente del Valle (2015, 2017)
Uruguai 28,6% de aproveitamento (14 participantes, 4 classificados) Racing (2010), Peñarol (2012), Nacional (2014), River Plate (2016) Peñarol (2005, 2009), Defensor (2006, 2013), Danubio (2007), Wanderers (2008, 2017), Liverpool (2011), Nacional (2015), Cerro (2017)
Peru 21,4% de aproveitamento (14 participantes, 3 classificados) Universitario (2006), Cienciano (2008), Juan Aurich (2010) Cienciano (2005), Sporting Cristal (2007, 2009, 2014), Alianza Lima (2011, 2015), Sport Huancayo (2012), Universidad César Vallejo (2013, 2016), Deportivo Municipal (2017), Universitário (2017)
Bolívia 7,7% de aproveitamento (13 participantes, 1 classificado) The Strongest (2015) Oriente Petrolero (2005, 2006, 2014, 2016), Blooming (2007), La Paz (2008), Real Potosí (2009, 2010, 2012) , Bolívar (2011, 2013), Universitario de Sucre (2017)
Venezuela 7,1% de aproveitamento (14 participantes, 1 classificado) Deportivo Táchira (2015) Mineros (2005, 2008), Deportivo Táchira (2006, 2007, 2010, 2017), Deportivo Anzoátegui (2009, 2013), Deportivo Petare (2011), Caracas (2012, 2014, 2016), Carabobo (2017)

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês