CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Atacante de 20 anos marca três e Racing bate Cruzeiro por 4 a 2

Jovem Lautaro Martínez brilhou no duelo contra a equipe brasileira pela Libertadores

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 29 set 2021, 09h24 - Publicado em 28 fev 2018, 00h05

Depois de oito jogos no Campeonato Mineiro com uma campanha invicta e quase perfeita – sete vitórias e um empate –, o Cruzeiro fez a sua estreia na Copa Libertadores nesta terça-feira. No Estadual, a defesa levou apenas um gol, mas na Argentina deu tudo errado. No estádio El Cilindro, em Avellaneda (região metropolitana de Buenos Aires), o jovem atacante argentino Lautaro Martínez, de 20 anos, marcou três vezes e comandou a vitória do Racing por 4 a 2 na rodada de abertura do Grupo 5.

O dia começou difícil para o Cruzeiro com a notícia da morte do pai do goleiro Fábio. O titular da posição deixou Montevidéu imediatamente e Rafael assumiu o posto em campo. O técnico Mano Menezes apostou em uma defesa com Lucas Romero, Manoel, Murilo e Egídio e nada deu certo para parar o ataque do Racing. Para piorar, na frente o centroavante Fred sentiu dores na panturrilha direita logo aos cinco minutos e teve que ser substituído.

A recuperação para o Cruzeiro na Libertadores vai demorar. Pela segunda rodada, o time celeste só jogará agora em 4 de abril contra o Vasco, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O Racing terá pela frente a Universidad de Chile, em Santiago, um dia antes.

O jogo

Em campo, o Cruzeiro até começou melhor, mas a lesão de Fred atrapalhou os planos de ter um homem de referência no ataque para explorar jogadas aéreas e de pivô. Na defesa, as falhas apareceram logo também. Aos 13 minutos, Neri Cardozo bateu uma falta na área e Martínez completou livre para as redes.

Mesmo com menos posse de bola, o Cruzeiro conseguiu o empate aos 29 minutos. Robinho lançou para o lateral-esquerdo Egídio, que dominou a bola com categoria e a mandou no alto para o meia uruguaio Arrascaeta cabecear para o gol. O problema é que a defesa errou de novo no posicionamento aos 44 e Martínez fez em um chute cruzado, após jogada ensaiada, o segundo do Racing.

Para o segundo tempo, o Cruzeiro voltou mais incisivo no ataque e criou uma boa chance com Rafinha aos oito minutos. Mas a defesa não estava em uma boa noite e uma nova falha permitiu o terceiro gol de Martínez, aos 17, em cabeçada após escanteio da esquerda.

Na tentativa de dar mais agilidade ao meio de campo, Thiago Neves entrou no lugar de Arrascaeta e sofreu um falta logo no seu primeiro lance no jogo. Robinho bateu com perfeição no ângulo direito do goleiro Musso, aos 24 minutos, e deu alguma esperança aos cruzeirenses. Mas tudo foi por água abaixo aos 31. Solari recebeu de Centurión e bateu cruzado, sem chances para Rafael, para decretar a vitória do Racing.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês