Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Arsenal confirma retorno de Willian ao Corinthians

Atacante obteve liberação junto à equipe londrina e retornará ao clube que o revelou após 14 anos no futebol europeu

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 17h24 - Publicado em 30 ago 2021, 17h58

Willian está oficialmente de volta ao Corinthians. A notícia foi divulgada no fim da tarde desta segunda-feira, 30, pelo Arsenal, que anunciou a rescisão do contrato do meia-atacante brasileiro de 33 anos, em consentimento mútuo. Pouco depois, o jogador participou de uma live no Instagram do clube paulista e confirmou que chegará a São Paulo na quarta-feira, 1º de setembro, aniversário de 111 anos da equipe.

“Ele tinha mais dois anos de contrato para cumprir, mas depois de conversas positivas e construtivas entre o atleta e o clube, ele decidiu sair para uma nova oportunidade no Corinthians, onde começou sua carreira”, diz trecho da nota do Arsenal, pelo qual Willian atuou por apenas uma temporada.

Direto de Londres, Willian participou de uma breve chamada de vídeo com o presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, na qual falou sobre sua alegria em retornar ao clube. “Estou chegando, fiel. Estamos juntos”, disse. Uma das mais célebres revelações das categorias de base do clube, o meia-atacante deixou o Parque São Jorge ainda em 2007, pouco antes do rebaixamento da equipe, rumo ao Shakhtar Donetsk.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Após cinco anos na Ucrânia e mais um no Anzhi, da Rússia, ele chegou ao Chelsea em 2013. Pelo clube londrino, Willian conquistou dois Campeonatos Ingleses e uma Liga Europa, entre outros títulos, e disputou as Copas de 2014 e 2018 pela seleção brasileira.

Por estar oficialmente sem clube, a contratação de Willian não constará como transação internacional, que teria de ser fechada até esta segunda-feira, dia do fechamento da janela na Europa. Ele, portanto, poderá ser regularizado pelo Corinthians até 24 de setembro.

Recentemente, apesar de ter dívidas que beiram 1 bilhão de reais, o clube anunciou outros reforços de peso (sem custos na transação, mas com altos salários): Giuliano, Renato Augusto e Roger Guedes.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade