CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Aproveitamento recorde e título da Champions motivam City de Guardiola

Em situação mais do que confortável, equipe inglesa recebe o Sporting, de Portugal, pelas oitavas da Liga dos Campeões

Por Da redação Atualizado em 9 mar 2022, 08h35 - Publicado em 9 mar 2022, 08h30

Com enorme vantagem construída no primeiro jogo das oitavas de final da Liga dos Campeões 5 a 0 jogando fora de casa   o Manchester City enfrenta o Sporting, no estádio Eithad Stadium, às 17h (de Brasília) para o jogo da volta podendo perder por até quatro gols de diferença para seguir na competição. Há um fato especialmente motivador para Pep Guardiola: a Champions, vencida por ele duas vezes pelo Barcelona (2009 e 2011), é o único título que lhe resta no comando do City.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca

Recém completas seis temporadas à frente do time inglês, Guardiola conquistou idolatria, levantou dez taças nacionais, sendo três Premier Leagues, sempre prezando por um jogo vistoso e ofensivo. No entanto, um ‘fardo’ incômodo pesa na carreira do técnico: a seca da conquista da Liga dos Campeões. Com o City, bateu na trave ano passado, quando acabou sendo derrotado na final pelo Chelsea.

Jorginho e De Bruyne durante a última final da Liga dos Campeões -
Jorginho e De Bruyne durante a última final da Liga dos Campeões – Alexander Hassenstein/Getty Images

Atual campeão da Premier League, o City de Guardiola é líder isolado do campeonato nacional com 22 vitórias em 28 jogos — a mais recente, contundente, 4 a 1 sobre o rival Manchester United, no último domingo. Em todas as competições disputadas no ano, detém até o momento, o quarto melhor aproveitamento com o clube: 75,6% em 41 jogos disputados.

Tal dado só foi maior em três outras temporadas, quando também bateu recordes. Em seu segundo ano à frente do clube (2017-2018), foi campeão da Premier League por antecipação se tornando o primeiro time a alcançar 100 pontos no torneio, com 77,1% de aproveitamento. Naquele ano ainda foi campeão da Taça da Liga inglesa.

A melhor campanha do clube sob seu comando aconteceu na temporada 2018-2019, quando os Citizens conquistaram o Campeonato inglês e a Taça da Liga inglesa. À época, foram 81,96% de aproveitamento, com 61 jogos realizados, 50 vitórias, 5 empates e 6 derrotas. Com contrato até junho de 2023, o técnico espanhol vai em busca da sonhada Liga dos Campões pelo clube.

Continua após a publicidade

Confira a lista de aproveitamento por temporada do Manchester City de Pep Guardiola: 

2016/2017: aproveitamento de 58, 92%
56 jogos – 33 vitorias- 13 empates – 10 derrotas

2017/2018: aproveitamento de 77,19%
57 jogos- 44 vitórias- 13 empates- 7 derrotas

2018/2019: aproveitamento de 81,96%
61 jogos- 50 vitórias- 5 empates – 6 derrotas

2019/2020: aproveitamento de 69,49%
59 jogos- 41 vitórias- 6 empates – 12 derrotas

2020/2021: aproveitamento de 77,04%
61 jogos – 47 vitórias – 6 empates – 8 derrotas

*2021/2022 (em curso): aproveitamento de 75,6%
41 jogos- 31 vitórias – 4 empates – 6 derrotas

*Temporada não concluída. 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês