ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Atlético-MG demite técnico Dudamel após vexame na Copa do Brasil

Treinador não suportou pressão depois da segunda eliminação precoce em competições mata-mata; diretor e gerente de futebol também saem

Por Da Redação Atualizado em 27 set 2021, 10h53 - Publicado em 27 fev 2020, 02h09

Acabou de forma precoce a passagem de Rafael Dudamel pelo Atlético-MG. Após mais um vexame em campo, desta vez na Copa do Brasil, com eliminação para o Afogados-PE na segunda fase do torneio, o clube decidiu por demitir o treinador venezuelano e sua comissão técnica, já na madrugada desta quinta-feira, 27.

A insatisfação do presidente Sérgio Sette Câmara foi tamanha que o diretor de futebol Rui Costa e o gerente de futebol Marques, ídolo do clube como jogador, também foram sumariamente demitidos.

Na última semana, o Atlético-MG já havia sido eliminado na primeira fase da Copa Sul-Americana para o Unión de Santa Fé-ARG e o treinador estava pressionado.

A demissão do técnico de 47 anos, que deixou a seleção venezuelana para assumir o Atlético, acontece após 10 jogos, apesar do contrato com validade até o fim de 2021. Foram quatro vitórias, quatro empates e duas derrotas, com 53,3% de aproveitamento.

O clube informou que para a próxima partida, domingo, contra o Boa Esporte pelo Campeonato Mineiro, o time será comandado por James Freitas e Lucas Gonçalves, que fazem parte da comissão técnica fixa.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade