ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Após fico, PSG prepara nova proposta para renovar contrato de Mbappé

Parisienses devem apresentar nova oferta em outubro, com cifras superiores a 153 milhões de reais anuais; jogador pode assinar com outra equipe em janeiro

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 17h17 - Publicado em 8 set 2021, 09h10

O Paris Saint-Germain deve voltar em breve à carga para tentar renovar o contrato do atacante francês Kylian Mbappé, um dos principais nomes da equipe, envolvido em longa negociação com o Real Madrid na última janela de transferências. Segundo o jornal espanhol Marca, o clube francês deve apresentar em outubro uma nova proposta, com um contrato de dois anos de duração e valores superiores aos 25 milhões de euros (153 milhões de reais) anuais oferecidos anteriormente.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

A publicação cita alguns pontos que podem ajudar Mbappé a desistir da ideia de assinar um pré-contrato a partir de 1º de janeiro. Ele tem vínculo com o PSG até junho de 2022 e, a partir desta data, pode fechar com outro clube.

Uma delas, o “poder de sedução” de ter Neymar, com quem Mbappé possui boa amizade, e Messi por mais tempo. A ideia seria fazê-lo entender a importância de solidificar o tridente ofensivo, e não somente uma única temporada.

A influência do presidente francês, Emmanuel Macron, que tem feito lobby público pela permanência do jogador em Paris também pode ajudar. Outra questão favorável aos parisienses é que a torcida, que o vaiou logo na primeira partida do Campeonato Francês, parece agora estar ao seu lado.

O clube também acredita que, após a sua permanência, poderá reestabelecer as relações com a família e o estafe do jogador, que anteriormente era bem próxima. A publicação lembra que, em 2017, quando atuava no Monaco, Mbappé rejeitou o Real Madrid para poder atuar no PSG.

Na última janela, o presidente Nasser Al-Khelaifi  recusou uma oferta de 180 milhões de euros (1,1 bilhão de reais) dos espanhóis pelo jogador. O atacante, que de acordo com o As disse não a seis propostas de renovação, pressionou os dirigentes franceses a viabilizarem a negociação, que não aconteceu. Ele tem quatro jogos e três gols pelo PSG na atual temporada.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade