CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Após Covid, lateral do Bayern é diagnosticado com problema cardíaco

Alphonso Davies, de 21 anos, ficará afastado dos campos por semanas por miocardite, inflamação no músculo do coração

Por Da Redação Atualizado em 14 jan 2022, 09h28 - Publicado em 14 jan 2022, 09h26

O lateral esquerdo canadense Alphonso Davies, do Bayern de Munique, foi diagnosticado com miocardite, uma inflamação no músculo do coração, após contrair a Covid-19. A informação foi confirmada pelo treinador da equipe, o alemão Julian Nagelsmann, que afirmou um afastamento do atleta por semanas para a recuperação do problema.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“Ontem (quinta-feira), durante um exame de acompanhamento que fazemos com todos os atletas que voltam da Covid, nós detectamos sinais leves de uma miocardite em Davies. Ou seja, uma inflamação no músculo cardíaco. Ele está sem treinar no momento e não estará disponível nas próximas semanas”, explicou Nagelsmann.

O treinador ainda tranquilizou torcedores sobre a situação, assegurando não ser um quadro preocupante: “não é uma miocardite muito dramática, baseado nos ultrassons. Mas ela precisa cicatrizar, isso leva tempo”.

Continua após a publicidade

Após a paralisação de inverno, tradicional no Campeonato Alemão, o atleta testou positivo para a doença. Vacinado, não apresentou sintomas significativos durante seu isolamento. Porém, ao voltar para o clube, uma alteração nos exames de acompanhamento apontaram a inflamação cardíaca. Nascido em Gana e naturalizado canadense, o jogador de 21 anos é uma das grandes promessas do Bayern de Munique.

Companheiro de clube de Davies, o meio-campista alemão Joshua Kimmich relutou se vacinar contra o novo coronavírus. O atleta, porém, contraiu um problema pulmonar após testar positivo para a doença. Arrependido, decidiu tomar o imunizante.

Segundo estudo divulgado pela CDC (Centro para a prevenção e Controle de Doenças), que analisou mais de 900 hospitais, os pacientes com Covid têm 16 vezes mais chances de desenvolver miocardite do que aqueles que não contraíram o vírus. Mesmo assim, a alteração é rara e acomete mais menores de 16 anos e maiores de 50.

De acordo com a Our World in Data, a Alemanha apresenta uma alta de novos casos da Covid-19, causada pela variante Omicron. Tendo em vista que 72% da população está completamente vacinada contra a doença, o número de mortes não alcançou números similares aos de quando o imunizante ainda não estava disponível.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade