CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Alexandre Pato posta — e deleta — apoio ao negacionismo de Djokovic

Atacante do Orlando City chegou a chamar a Covid-19 de "peste chinesa" e a vacina de "picada experimental", mas depois pediu desculpas

Por Da Redação Atualizado em 18 jan 2022, 18h45 - Publicado em 18 jan 2022, 12h04

Alexandre Pato, do Orlando City, chamou a atenção por mais uma ação fora dos campos. Em publicação nos ‘stories’ do Instagram apagada pouco depois o atacante defendeu o tenista Novak Djokovic, proibido de disputar o Australian Open por não se vacinar contra a Covid-19. Na postagem, o jogador com passagem pelo clube chinês Tianjin Tianhai esbanjou negacionismo, chamando o imunizante de “picada experimental”, e também xenofobia, ao se referir ao coronavírus como “peste chinesa”

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Alexandre Pato se referiu a Djokovic como uma lenda do esporte e um herói a ser seguido no “movimento de resistência contra o totalitarismo”. Com o intuito de exaltar o tenista, também listou ações solidárias do sérvio.

Para defender Djokovic, Pato atacou vacinação
Para defender Djokovic, Pato atacou vacinação – Instagram/Reprodução
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Alexandre Pato (@pato)

Continua após a publicidade

Apesar do discurso antivacina, Pato publicou foto recebendo a primeira dose do imunizante, nos Estados Unidos, dia 5 de abril de 2021, aproximadamente quatro meses antes dos brasileiros na mesma faixa etária poderem receber a vacina. A MLS, liga norte-americana de futebol em que Alexandre atua, demonstra baixa tolerância com não-vacinados e já divulgou que mais de 95% dos atletas receberam as doses contra a doença.

Mesmo com a exclusão veloz do story negacionista, a atitude teve repercussão negativa. Desse modo, Alexandre Pato publicou um comunicado, pedindo desculpas e dizendo ser favorável à vacinação contra a Covid-19.

Após criticar vacina, Pato pediu desculpas
Após criticar vacina, Pato pediu desculpas – Instagram/Reprodução

Fala, galera! Quero deixar claro a importância de todos os seres humanos se vacinarem! Eu tomei as minhas doses no exato momento em que fui liberado para tal! E acho importante que todos tenham essa consciência de se proteger e proteger quem está ao seu lado! Na postagem, eu quis valorizar os feitos humanitários do Djokovic e também todas as suas conquistas esportivas! Quando me dei conta de colocações no texto que não condizem com minha maneira de pensar, aí sim apaguei. Peço desculpas, pois não são palavras que regem minha vida e maneira de pensar! E reitero: todos temos de nos vacinar! Vacina salva vidas! Eu estou completamente vacinado e torço para que possamos sair dessa o quanto antes! #VacinaJá” 

Todas as vacinas contra a Covid-19 aprovadas no Brasil passaram pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e são eficazes contra o vírus e seguras à saúde. Atualmente, o Brasil registra mais uma alta de casos da doença, mas sem muitas mortes, tendo em vista que quase 70% da população já está completamente imunizada.

O Brasil registrou 74.134 casos de Covid-19 na última segunda-feira, 17, com 121 mortes nas últimas 24 horas, segundo levantamento feito pela revista VEJA. Ao todo, mais de 620.000 pessoas morreram no país em decorrência da Covid-19.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês