CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Tuchel critica jogadores do Chelsea por não tomarem vacina: ‘Desvantagem’

Treinador alemão não conta com Kanté e Loftus-Cheek em pré-temporada nos Estados Unidos por não estarem imunizados; atletas treinam com sub-23 e sub-19

Por Da redação Atualizado em 15 jul 2022, 19h18 - Publicado em 15 jul 2022, 19h02

O técnico alemão Thomas Tuchel, do Chelsea, não escondeu a decepção com o fato da dupla de meio-campistas Ruben Loftus-Cheek e N’Golo Kanté ainda não possuírem quadro vacinal completo contra Covid-19. Em entrevista durante a preparação da equipe em Los Angeles, nos Estados Unidos, o treinador desabafou sobre a situação afirmando que a decisão dos jogadores traz severos prejuízos na preparação da equipe. Sem poderem entrar no país, eles permaneceram na Inglaterra, treinando com a equipe sub-23 e sub-19.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“Nós não apontamos os dedos para as pessoas. Há uma decisão pessoal a tomar, e eles tomaram essa decisão. Não importa se eu entendo, se eu gosto, ou não. Para a vida profissional é uma desvantagem [não se vacinar]”, disse Tuchel.

“Kanté sabe o que significa a pré-temporada. Especialmente para ele, nos dá a possibilidade de prepará-lo individualmente. Precisamos que ele tenha mais minutos em campo. Ele é um dos nossos principais jogadores, e esses jogadores precisam estar em campo, senão não serão importantes”, completou o treinador.

O Chelsea chegou a Los Angeles no último sábado, 9. Por ainda não terem sido completamente imunizados, os jogadores perderão aproximadamente duas semanas de preparação com os demais companheiros.

O time ainda fará quatro amistosos no período: diante do América-MEX, neste sábado, às 23h (de Brasília), e contra o Charlotte, no dia 20, Arsenal, no dia 23, e Udinese, 29.

Kanté atuou em 42 partidas na temporada, marcando dois gols e distribuindo cinco assistências. Destas, em 31 delas ele atuou como titular.

Continua após a publicidade

Nas últimas temporadas, ele chegou ficar no topo das principais disputa por premiações individuais. Destaque na campanha vencedora da Champions 2020/21 com o Chelsea, foi eleito o terceiro melhor jogador da Europa, pela Uefa.

Kanté ergue a taça da Liga dos Campeões
Kanté ergue a taça da Liga dos Campeões – Chris Lee - Chelsea FC//Focus Features

Na Bola de Ouro, tradicional troféu entregue pela France Football, Kanté ficou na quinta colocação, mesma posição em que terminou o Fifa The Best, prêmio similar entregue pela entidade.

No futebol ainda há registro de atletas não imunizados contra o vírus. Um dos casos mais emblemáticos foi o do meio-campista Joshua Kimmich, do Bayern de Munique, que afirmou publicamente preferir aguardar novos estudos sobre o imunizante antes de vacinar. Semanas depois, o jogador confessou ter se arrependido após sofrer com uma série de complicações pulmonares causados pela Covid.

Joshua Kimmich não se vacinou contra a Covid-19
Kimmich travou queda de braço contra a vacina – Roland Krivec/DeFodi Images/Getty Images

Na Inglaterra, uma das organizações que cuidam do futebol local chegou a afirmar que ainda no meio da temporada 25% dos jogadores de suas competições, que atuavam na Premier League, além da segunda, terceira e quarta divisões, não queriam se vacinar.

O caso de maior repercussão no esporte é o do tenista russo Novak Djokovic, detido e impedido de jogar o Australian Open, em janeiro, por se recusar a tomar vacina. Campeão em Wimbledon, na Inglaterra, ele também afirmou que não jogará o US Open, nos Estados Unidos, pelas regras sanitárias impostas pelo país.

Assine o Amazon Prime e garanta 30 dias grátis de acesso ao Prime Video e outras vantagens

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês